QUAL A MELHOR AERONAVE PARA INSTRUÇÃO PRIMÁRIA

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

FUNDAÇÃO RAMPA


Caros amigos aeronautas, aeroviários e entusiastas em geral, em uma dessas minhas buscas na internet sobre as nossas maravilhas aéreas, descobri a Fundação Rampa. Entrei em contato com o pessoal que administra a fundação e recebi essa semana a resposta dos mesmos autorizando a inclusão do link no nosso blog. A partir de hoje, clicando na imagem localizada na aba direita, em Sites Parceiros, vocês poderão ir de encontro a história da aviação potiguar, brasileira e porque não dizer, mundial.


Segue abaixo um pouco da história da fundação e a sua missão. Para acessar a "sítio" basta clicar na imagem acima ou AQUI. Abraço!!!


A Fundação Rampa foi formada em 2001 para preservar a história aeronáutica do estado do Rio Grande do Norte, a partir de 1922 até o fim da Segunda Guerra Mundial. Dos pioneiros do vôo ao fim do mais brutal conflito que a raça humana jamais viu, o Rio Grande do Norte foi uma testemunha e um participante, em fazer da aviação uma realidade para todos.
A primeira rota de correio aéreo transoceânico foi estabelecida em 1934 pela Lufthansa, partindo de Berlin à América do Sul, via Natal. Em 1930 os franceses já tinham estabelecido uma rota de correio aéreo que ligava a França à América do Sul, por Natal.
Amélia Earhart passou por capital potiguar em 1937 na sua viagem ao redor do mundo, na qual ela morreu. Charles Lindbergh também fez uma escala em Natal, de volta para casa em 1933.
Os italianos quebraram o recorde de longa distância voando sem escalas de Roma a Touros em 1928. Os Zeppelins também voaram sobre o estado em varias ocasiões.
Antes da Segunda Guerra Mundial, Pan Am e sua subsidiária brasileira Panair, Air France, Lufthansa e sua subsidiária brasileira Syndicato Condor, e a italiana Lati exisitiam juntas em Natal.
Após o Brasil declarar guerra aos paises do Eixo em agosto de 1942, as forças armadas do Brasil e Estados Unidos patrulhavam conjuntamente o estreito do Atlântico, entre o Brasil e a África. Muitos U-boats encontraram seu fim nas mãos dos esquadrões anti-submarinos baseados em Parnamirim Field, a maior base fora dos Estados Unidos.
Os primeiros B-29 usadas contra o Japão, no teatro de guerra do China, Burma e Índia (CBI), voaram dos Estados Unidos até a China via Parnamirim Field/Natal. Todos os aviões usados no Norte da África, Oriente Médio, China, Burma, Índia, foram transportados via Natal, mesmo um motor para troca, uma peça qualquer ou uma bolsa de sangue vital chegou ao front partindo de Parnamirim Field.
Após a guerra, no caminho de volta para casa todos esses aviões com as tripulações veteranas do CBI e Norte da África fizeram uma parada de descanso em Natal antes de chegar em casa.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

FROTA DE AERONAVES EXECUTIVAS NO BRASIL

A Aviação em Revista, lançou no mês de novembro uma edição especial com um Guia da Aviação Executiva, onde fala sobre diversos tópicos e apresenta as melhores aeronaves do segmento. Além disso eles apresentaram uma tabela com a frota de todos os aviões executivos do Brasil, que o Papo de Hangar mostra em primeira mão para vocês

Abraço a todos e bons voos sempre!


domingo, 6 de dezembro de 2009

BOEING 767 DA GOL/VARIG VOLTA A NATAL

Essa semana iniciaram as operações do B-767 da Gol/Varig no Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Natal. Infelizmente ainda não está nem com a pintura da Gol, nem com a da Nova Varig. Imagina essa aeronave com a pintura Gol, ficaria show. Mas mesmo assim é bonito de se ver.
Na manhã desse domingo (06/12/09) tirei algumas fotos dessa maravilhosa máquina voadora como vocês poderão ver a seguir. Com capacidade para 225 passageiros (30 na classe executiva), ela realmente impressiona vista de perto.

Abaixo seguem as fotos e em breve postarei mais algumas.

Abraço!