QUAL A MELHOR AERONAVE PARA INSTRUÇÃO PRIMÁRIA

domingo, 19 de dezembro de 2010

FOTOS - PRIMEIRO ATR 72-800 DA AZUL - PR-AZR

É isso mesmo pessoal, como todos já sabem, a Azul agora conta com as aeronaves da Franco-Italiana ATR. Eles receberam agora em dezembro a primeira aeronave do modelo ATR 72-800 que, diga-se de passagem, ficou muito bonito com essa pintura da Azul.
As fotos encontrei no JetSite e o link com outras fotos e uma reportagem sobre o "Flight Delivery", encontra-se abaixo, após as fotos.
Desejo muito sucesso a Azul, que acabou de completar 2 anos, e vale salientar a importância do surgimento de novas empresas no mercado brasileiro, para aumentar a concorrência trazendo benefícios para os clientes, com melhores ofertas de preços e serviços, como também para os funcionários com melhores salários e benefícios.
Abraço a todos e bons voos sempre!
Bruno Maciel









FONTE: JETSITE

VIDEO - ULTRALEVE CAI EM ÁREA MILITAR NO RIO DE JANEIRO

FONTE: PORTAL G1

domingo, 12 de dezembro de 2010

Morre piloto internado após acidente com bimotor no Vale do Rio Doce

Morreu, neste domingo (12), o piloto de 40 anos vítima do acidente com um bimotor na noite desta quinta-feira (9) no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Ele faleceu durante a madrugada, de acordo com a assessoria de imprensa do Vitória Apart Hospital, no Espírito Santo, onde ele estava internado. O corpo vai ser transferido para Campo Grande (MS), segundo a assessoria da Legião da Boa Vontade (LBV).

No acidente, ele teve 80% do corpo queimado, segundo o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga (MG), onde ele recebeu atendimento antes de ser transferido para o Espirito Santo.

Com o piloto, o acidente deixou quatro mortos. No momento da queda morreram uma repórter, um cinegrafista e um fotógrafo da Legião da Boa Vontade, que viajavam para a cobertura da entrega de cestas básicas na campanha de natal. Um sobrevivente – o diretor-executivo da LBV – permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo a equipe médica, o quadro de saúde está em fase de reestabilização e se mantém estável.

Segundo a assessoria da LBV, o cinegrafista e o fotógrafo, de 25 e 26 anos, foram enterrados neste domingo (12), às 10 horas, no Cemitério Parque Jaraguá, em São Paulo. O enterro da repórter, de 35 anos, foi às 14h30 em Campo da Esperança, em Brasília/DF.

Neste sábado (11), três integrantes do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Ministério da Defesa, estiveram no local do acidente com o avião bimotor B-55. De acordo com o coronel Antônio de Almeida, que esteve no local e concedeu entrevista a afiliada da Rede Globo – Intertv dos Vales –, em 30 dias um relatório desta ação inicial será emitido. Já o prazo para o relatório final é de um ano, “mas depende muito das condições e informações que vamos obter”.

A Polícia Militar acompanhou os trabalhos do Cenipa no local do acidente. Segundo a polícia, a equipe levou o motor do lado esquerdo da aeronave para análise. Eles ainda tiraram fotografias, examinaram o terreno e colheram detalhes para a produção do laudo. O isolamento e a preservação do local ficaram sob a responsabilidade da PM. A polícia informou que a equipe do Cenipa já deixou a cidade e retornaram ao Rio de Janeiro, de onde vieram.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o avião – modelo BE55, prefixo PT-LEU – decolou do Aeroporto de Vitória às 18h31, desta quinta-feira (9), com destino a Brasília. Horas depois, caiu na zona rural de Bom Jesus do Galho, na região do Vale do Rio Doce de Minas.
FONTE: PORTAL G1

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

VIDEO - Pousando o Paulistinha (PT-KYP) em Amarais (SDAM) - 07-12-10

BARON - BE55 - CAI NO INTERIOR DE MINAS. TRES MORRERAM E DOIS ESTÃO GRAVEMENTE FERIDOS.


Beechcraft Baron, modelo BE55, de matrícula PT-LEU, semelhante ao da foto acima, caiu na noite desta quinta-feira (9) na zona rural de Bom Jesus do Galho, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. O avião levava uma equipe de repórteres da Legião da Boa Vontade (LBV) de São Paulo.


De acordo a Policia Militar (PM), três pessoas morreram carbonizadas no local, uma repórter, um cinegrafista e um fotógrafo. Além disso, duas pessoas ficaram gravemente feridas, o piloto da aeronave e um passageiro que também é da legião. Os dois foram levados para o hospital de Caratinga, também no Vale do Rio Doce, segundo os bombeiros de Manhuaçu, na Zona da Mata, que fizeram o resgate.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o avião decolou do Aeroporto de Vitória às 18h31, desta quinta-feira (9), com destino a Brasília. A primeira chamada recebida pela polícia foi às 19h45.

Abaixo mais algumas informações sobre a aeronave, que estão disponíveis no portal da Anac.

FONTE: ANAC, PORTAL G1,

sábado, 4 de dezembro de 2010

DIVERSÃO - FRASES DE COMANDANTES

Texto enviado por Talys Soares,


Passa os horários lá pra eles? Diz que o atraso foi DESPACHO.
*
O briefing é o Standart
*
Vamos deixar lido?
*
tá tranquilo aí? vou ali esticar as pernas e já volto...
*
Isso, segura, menos, cede, vem trazendo, isso, mais motor, menos motor, escora, segura, cede, olha a asa ...
*
Chefinha do voo: Pode fechar a porta Cmte?!? Cmte: 'E melhor se nao nao pressuriza e faz um barulhao!!!
*
my controls
*
Qual é nome da chefe?
*
Mais vale 1 pássaro na mão do que 2 no motor...!!
*
Sabe o que quer dizer essa luz?
*
Após o pouso... Co-piloto: Comandante, está com o senhor? Comandante: Sempre esteve bobinho!!!!
*
Faz assim oh...
*
O que o controle disse?!
*
Qual é a frequência do DO?
*
Vou fazer um speech, to saindo da escuta, tá quantos graus lá?
*
Quem foi seu instrutor????!!
*
(depois de o Copiloto mostrar que no manual está diferente)... Comandante: isso aí está errado, esses caras estão loucos.
*
Prepara tudo ai pra gente?
*
Ta autorizado?
*
vai ficar alto...
*
Eu deixei em off pra ver uma coisa
*
(FPL com FL400): ... quatrocentos é muito alto, vou no maximo no três meia
*
Manu, o carregamento falta muitoí?
*
o APU já foi?
*
Fica Tranquilo!
*
A asa passa aí desse lado?
*
Melhor ir reduzindo já
*
Se quiser ir sujando, fica a vontade...
*
Tem alguma coisa no NOTAM?
*
Já lemos o before start?
*
Quando puder, before start checklist
*
O despachante ja foi embora?
*
Entrou quando aqui na firma?
*
Larga esse check list!!!
*
Esse balizador tá de sacanagem...
*
Porque estes porões estão abertos ainda P*#@
*
Vou contar umas mentirinhas lá pra trás, tá quantos graus lá?
*
Põe o avião no chão!
*
Qual é o tempo de voo?
*
Da quanto tempo de escala?
*
Ciente do Glide e do PAPI
*
(em 121.5) Despachoo...na escuta?
*
Sim fui eu que desliguei. esqueci de te avisar.
*
...pode entrar, esse vermelho ai é só água...
*
Ta quente aqui né?
*
Aproveita e já pede um passe pra mim por favor?
*
Fala la com a firma pra gente?
*
Between my well
*
A chegada está inserida e conferida
*
Obrigado...I have (1 segundo após o pouso)
*
Qual o número dessa carta?
*
Vai comer sua sobremesa?
*
Não posso...vou regulamentar...
*
E então Despacho, o atraso é de quem?
*
Ta autorizado descer pra quanto?
*
Pergunta se tem um estimado pro nosso push
*
Tem lanche de passageiro?
*
Fala manu!!
*
Você voava o que antes mesmo?!?
*
Tudo off nada on?
*
(Com a mão já no L/G Lever) -- O que você acha de dar o Trem??
*
Clássica: Eu nao me importo... mas voce sabe como é ne?!? Tem comandante que nao vai gostar!!!

EGPWS SERÁ OBRIGATÓRIO A PARTIR DE 31 DE DEZEMBRO DE 2010

A partir de 31 de dezembro de 2010, todas as aeronaves com motores a turbina, configuradas com seis ou mais assentos, que fazem voos domésticos de passageiros no Brasil também deverão contar com o Sistema de Percepção e Alarme de Proximidade do Solo (EGPWS). A determinação foi feita pela ANAC em dezembro de 2009 visando aumentar a segurança. O equipamento é utilizado para alertar os pilotos quando a aeronave, mesmo sem estar em procedimento de pouso, estiver se aproximando contra um terreno. Em voos internacionais, o sistema já é exigido para esse tipo de aeronave desde 2007, conforme orientação da Organização da Aviação Civil Internacional (Oaci). Nos últimos anos, a ANAC também passou a exigir outros equipamentos de segurança como TCAS II (sistema anticolisão no ar), equipamentos de comunicação, isolamento termo-acústico, entre outros.
Fonte: ABAG

NOTÍCIAS: TAM NORMALIZA VOOS E É AUTORIZADA A RETOMAR VENDAS

Brasília, 1º de dezembro de 2010 – A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), após observar a normalização das operações da companhia aérea TAM, autorizou a empresa a retomar as vendas de bilhetes para voos domésticos a partir das 12h de hoje. Os acréscimos de voos na malha da TAM continuam suspensos até que seja concluída a auditoria conduzida pela ANAC no centro de operações da empresa, em São Paulo.

Nas últimas 24 horas, a companhia demonstrou ter regularizado suas operações. Atrasos e cancelamentos estão dentro da normalidade do sistema.

A suspensão das vendas nos voos da TAM evitou que os atrasos e cancelamentos da companhia prejudicassem mais passageiros, além daqueles que já haviam adquirido bilhetes. No entanto, algumas rotas, especialmente as de maior densidade, começaram a ter voos esgotados em horários de pico, diminuindo a oferta de assentos aos passageiros. Brasília-Congonhas-Brasília; Brasília-Santos Dumont-Brasília e Congonhas-Porto Alegre-Congonhas são exemplos de voos que estão com a oferta de assentos restrita.

A normalização das operações da companhia, conjuntamente com a necessidade de aumento na oferta de assentos, levaram a ANAC a permitir a retomada da venda de passagens pela TAM.

Fonte: Anac

VIDEO - DESCOBERTA A CAUSA DA EXPLOSÃO DE UM DOS MOTORES DO A-380 DA QANTAS

FONTE: PORTAL G1

NO AR O PAPO DE HANGAR - 2011



É isso galera, já está no ar o Papo de Hangar 2011. Com uma nova roupagem, mas mantendo os mesmos links e serviços que nos fizeram conquistar a marca de 50.000 visitas de 2007 a 2010. Aqui vocês continuam encontrando os mais diversos videos ligados a aviação real e virtual, civil e militar, além de imagens, escutas aéreas dos principais aeroportos brasileiros e ainda alguns estrangeiros, sites importantes para os aeronautas, sites das principais companhias aéreas, as principais notícias da Anac, Infraero, FAB, além das postagens que encontro numa busca incansável durante todo ano, visando reunir em um só lugar as principais informações para os aeronautas, aeroviários e entusiastas da aviação.

Lembrando que o Papo de Hangar em um site sem fins lucrativos, que não deseja favorecer nenhuma entidade governamental, muito menos qualquer que seja a companhia aérea ou empresa de serviços aéreos especializados. O único objetivo do site é a maior divulgação dos assuntos de interesse comum a todos nós e que as fontes das postagens serão sempre divulgadas. Me reservo no direito de cometer falhas ortográficas e agradeço profundamente aos que me enviam e-mail's com sugestões, críticas e elogios. Além disso, agradeço também a todos que de uma forma ou de outra me enviam informações para que possam ser divulgadas através do blog.

Desejo a todos vocês um Feliz Natal e que 2011 seja um ano de muitas realizações, segurança nos procedimentos operacionais de voo, boas condições meteorológicas, muita saúde, boas oportunidades de emprego, excelentes resultados para os que irão prestar as bancas da Anac, melhoria nos processos burocráticos, melhores políticas públicas em todos os segmentos, uma carga horária justa e salários compatíves com as atividades dos senhores e senhoras que acompanham este blog. Que o novo ano que estar por vir, traga esperança de um mundo melhor para todos nós.

Obrigado a todos vocês por acompanharem o Papo de Hangar e continuo contando sempre com vocês para um melhor desenvolvimento do site!

Bons voos sempre!!!


Bruno Maciel

VIDEO - FALTAM PILOTOS NO BRASIL

FONTE: PORTAL G1

ESPAÇO AÉREO DA ESPANHA É REABERTO APÓS GREVE DOS CONTROLADORES

O espaço aéreo da Espanha foi reaberto após o caos provocado nas últimas horas devido à paralisação dos controladores de voo, informou a Aena, órgão aeroportuário do país.

A agência já havia informado no seu site que os controladores de voo haviam começado a voltar ao trabalho. No entanto, a expectativa é de que o tráfego aéreo só volte à normalidade entre 24 e 48 horas, disse o ministro do Trabalho, Jose Blanco.


O governo chegou a declarar estado de alerta diante da paralisação, que afetou cerca de 600 mil passageiros em todo país.

A medida, sem precedentes na história da Espanha democrática, significa que os controladores aéreos estariam "mobilizados" com sua entrada em vigor, com duração máxima de 15 dias, segundo explicou em entrevista coletiva o primeiro vice-presidente do Executivo, Alfredo Pérez Rubalcaba.

A Aena não possui ainda um dado exato do número de passageiros afetados. Na sexta-feira, dos 5.032 voos programados apenas 3.346 operaram. Para este sábado estavam previstos 4.307 e, por enquanto, 1.316 deixaram de voar.

Durante as mais de 18 horas em que esteve fechado espaço aéreo espanhol apenas foi permitida a aterrissagem de alguns aviões, a maior parte vindos da América Latina.
FONTE: PORTAL G1

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

NOTÍCIAS: AVIÃO PROJETADO NA UFMG BATE 4º RECORDE MUNDIAL EM 24H

O avião CEA 308 bateu o quarto recorde mundial nesta quinta-feira (2), desta vez na modalidade “velocidade da aeronave em três quilômetros”. Projetado no Centro de Estudos Aeronáuticos do departamento de Engenharia Mecânica da UFMG, o avião atingiu, de acordo com a universidade, a marca de 360 km/h. O recorde anterior, de 2002 era de uma aeronave austríaca, 351 km/h.



O CEA 308 já havia quebrado outras três marcas na quarta-feira (1º): velocidade em 15 e em 100 quilômetros e tempo de subida até três mil metros. De acordo com a UFMG, em 15 quilômetros o avião alcançou 329 km/h. O antigo recorde era de 292 km/h. Em 100 quilômetros, o modelo chegou a 326 km/h; a marca anterior era de 297 km/h. A aeronave demorou cerca de 10 minutos para atingir três mil metros de altura. Aproximadamente três minutos a menos que o melhor tempo registrado antes.

Todas as marcas foram atingidas no Aeroporto Regional da Zona da Mata, próximo a Juiz de Fora. O brasileiro Gunar Armin pilotou o avião. Segundo o professor de Engenharia Aeronáutica da UFMG Paulo Iscold, “nunca no Brasil havia sido quebrado um recorde mundial em aeronaves motorizadas”.

Dois representantes da Federação Aeronáutica Internacional (FAI) foram responsáveis por julgar a demonstração, segundo a UFMG. Um deles é oficial da National Aeronautic Association (NAA), nos Estados Unidos. O outro pertence à Comissão Aerodesportiva Brasileira (CAB), de acordo com a universidade.

A universidade já produziu 10 aviões-conceito destinados à quebra de recordes. Segundo a UFMG, a instituição é a única no Brasil a projetar e construir esse tipo de aeronave.

FONTE: PORTAL G1

terça-feira, 30 de novembro de 2010

ANAC pune atrasos e cancelamentos da TAM com restrição de vendas até 3 de dezembro

* Pedidos de acréscimo de voos na malha da companhia também estão suspensos
* Auditoria na empresa avalia dados da tripulação e novas medidas podem ser adotadas
Brasília, 29 de novembro de 2010 – A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) suspendeu hoje a venda de bilhetes da companhia aérea TAM para todas as rotas domésticas com decolagem prevista até a próxima sexta-feira, dia 3 de dezembro. A intenção é evitar a ampliação dos problemas para os passageiros. A ANAC identificou que a TAM está apresentando atrasos e cancelamentos acima da média do setor. A expectativa é que a situação esteja normalizada até quarta-feira, do contrário, novas medidas serão adotadas.
A ANAC iniciou uma auditoria na empresa, enviando inspetores para o centro de operações da companhia e para aeroportos de São Paulo. Até que seja concluída a auditoria, no prazo estimado de uma semana, também ficam suspensos todos os pedidos de acréscimos de voos na malha da TAM.
Desde agosto de 2010, a ANAC está acompanhando semanalmente as escalas das tripulações das companhias aéreas, por meio de relatórios enviados pelas empresas. A auditoria na TAM visa verificar se os números encaminhados pela empresa condizem com a situação atual, uma vez que não eram previstos problemas com a carga horária dos tripulantes informada pela companhia.

FONTE: ANAC

ANAC divulga Relatório Semestral de Recomendações de Segurança Operacional

A ANAC ressalta que é requisito para a inscrição no curso de piloto comercial ser portador da licença de piloto privado. Atualmente, há uma elevada ocorrência de casos de escolas de Aviação Civil e Aeroclubes aceitando matrículas de alunos no curso de piloto comercial que não possuem essa licença.

A exigência está clara no Manual de Curso de Piloto Comercial de avião e helicóptero, no capítulo 6, sobre recrutamento e inscrição:

6 RECRUTAMENTO E INSCRIÇÃO
Os critérios e formas de recrutamento ficam a cargo da entidade, sem prejuízo das disposições deste Manual de Curso e da legislação vigente.
Serão requisitos para inscrição de candidatos ao Curso de Piloto Comercial-Avião:
a) idade mínima – 18 anos;
b) nível mínimo de escolaridade – 2º grau completo, realizado em estabelecimento de ensino público ou privado devidamente autorizado;
c) experiência como piloto – ser portador da licença de Piloto Privado-Avião.
OBS.: Caso o candidato já tenha 150 horas de vôo, poderá freqüentar apenas a 2ª etapa da instrução de vôo.
No ato da inscrição, o candidato deve apresentar os seguintes documentos:
Candidatos Brasileiros
a) Ficha de inscrição/matrícula (Anexo 2) preenchida;
b) Carteira de identidade;
c) Comprovante de conclusão de 2º grau ou equivalente;
d) Título de eleitor;
e) CPF;
f) Certificado de capacidade física – CCF de 1ª classe;
g) Certificado de reservista ou de alistamento militar;
h) 2(duas) fotos 3x4 recentes:
i) comprovante de pagamento da taxa da inscrição, se for o caso;
j) outros que se façam necessários, a critério da entidade.
Candidatos Estrangeiros
a) Licença especial concedida pelo Departamento de Aviação Civil, conforme legislação em vigor;
b) Ficha de inscrição/matrícula (Anexo 2) preenchida;
c) 2(duas) fotos 3x4 recentes;
d) outros, a critério da entidade.
Somente poderão inscrever-se os candidatos que satisfaçam a todos os requisitos estabelecidos.
No ato da inscrição, a entidade de instrução deve prestar todas as informações sobre o curso e entregar o Cartão de Identificação do candidato (Anexo 3), que deve ser apresentado antes de cada exame previsto para a seleção.
FONTE: ANAC

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

3ª FESTA DO CHOPP - AEROCLUBE DE CAMPINAS

ACROBACIA DO PILOTO

ACROBACIA DO PILOTO

Reinando no espaço com exibicionismo,
Vai com ardidez o piloto no seu avião...
Ele superou das aves, o expressionismo,
Ao destacar-se com a sua aceleração!

O piloto aureolado vira o Rei das alturas!
Os seus súditos ficaram embaixo...
E sorrindo sente até um jogo de cintura,
À sua sustentação no céu figurado!

Mas logo o avião desce... E desce rápido!
E no final do seu vôo, o piloto fica desolado...
E fitando o infinito, reconhece não ser nada!

Mas uma compensação maior logo vem:
O encontro com os seus que não se contém,
E abraços ativam a paisagem desolada!

AUTOR DESCONHECIDO

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Anac apura causa da queda de avião em Bragança-SP

JOSÉ MARIA TOMAZELA - Agência Estado
Técnicos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) fizeram nova perícia hoje nos destroços do avião Paulistinha que caiu e pegou fogo ontem, em Bragança Paulista (SP), causando a morte do instrutor Rafael Giacon Cunha, de 22 anos, e do aluno João Henrique Mendonça, de 18. Os peritos voltaram também ao local do acidente e conversaram com dirigentes do aeroclube local.

De acordo com o coronel Luís Rogério Castro, da Anac, o objetivo é colher o maior número de informações para determinar a causa do acidente. O histórico da aeronave, o trajeto, as condições de voo e o currículo do piloto também serão analisados. Segundo Castro, o resultado pode sair entre dois e seis meses.

De acordo com o diretor do aeroclube, Ricardo Cintra, o monomotor tinha passado pela inspeção de manutenção e estava em condições de voar. Mendonça queria ser piloto e tinha ganhado o curso do pai, como presente de aniversário de 18 anos, completados na semana passada. Ele fazia seu primeiro voo com o instrutor. O avião caiu logo depois de decolar da pista do aeroclube.
O pai do rapaz, João Mendonça, que acompanhava a decolagem com outros familiares, viu a queda e teve um ataque cardíaco. Ele foi levado para um hospital da cidade, mas recebeu alta ainda ontem. Familiares informaram que Mendonça acompanhava o sepultamento do filho, hoje à tarde, num cemitério de Guarulhos. O corpo do instrutor foi levado para a cidade de Botelhos, em Minas Gerais, onde reside sua família. O sepultamento estava previsto para o fim da tarde.
Fonte: Estadão

P-56C - PAULISTINHA, CAI NO INTERIOR DE SÃO PAULO







O voo que deixou duas pessoas mortas na tarde desta segunda-feira (15), em Bragança Paulista, no interior de São Paulo, era um presente de aniversário para o rapaz que havia acabado de completar 18 anos. Era a primeira aula dele.

João Mendonça foi ao aeroclube de Bragança com a família para voar com o instrutor Rafael Giacon Cunha, de 22 anos. Segundos após decolar, a aeronave perdeu sustentação, caiu e pegou fogo. João e Rafael morreram carbonizados.

O pai, que observava o voo em solo, passou mal e teve que ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros. Ele foi encaminhado para um hospital de Bragança Paulista e teve de ser internado.

O avião acidentado em Bragança Paulista é um P-56, conhecido como Paulistinha. O modelo é muito utilizado em instruções de voo e é um equipamento considerado seguro.

"Essa aeronave faz parte de um projeto idealizado na década de 50. É um equipamento dócil, largamente utilizado em instruções e formou a maioria dos pilotos que estão hoje no mercado aeronáutico civil", diz Plinio Vicentin, piloto há 22 anos, atualmente baseado no aeroclube de Guaratinguetá.

Segundo ele, a manutenção do aeroclube de Bragança Paulista é uma das melhores do país. Um fator considerado desafiador para este modelo de aeronave é a força dos ventos. "É uma aeronave muito leve e com vento muito forte o voo se torna perigoso", afirma o piloto.

As causas do acidente devem ser divulgadas em até 60 dias, após perícia da Aeronáutica e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A mesma aeronave sofreu um acidente em 2004, quando também registrou problemas na decolagem. Na ocasião, duas pessoas ficaram feridas.
Fonte: Portal G1

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

REGRAS DOS PILOTOS

O Comandante sempre faz as regras.
As regras estão sujeitas a alterações a qualquer momento, sem aviso prévio.
O Co-piloto não pode saber todas as regras.
Se o Comandante suspeitar que o Co-piloto sabe todas as regras, ele deve
mudar imediatamente algumas ou todas elas.
O Comandante nunca está errado.
Se o Comandante tiver errado, é devido um mal-entendido que é um resultado direto de algo que o Co-piloto disse ou fez de errado.
O Co-piloto deve desculpar-se imediatamente para causar tal equívoco.
O Comandante pode mudar de idéia a qualquer momento.
O Co-piloto nunca pode mudar de idéia sem o expresso consentimento por escrito do Comandante.
O Comandante tem todo o direito de estar com raiva ou chateado, a qualquer momento.
O Co-piloto deve manter a calma em todas as vezes menos que o comandante queira que ele fique irritado e/ou chateado.
O Co-piloto tem que saber ler a mente do Comandante em todos os momentos.
O Comandante está pronto quando ele está pronto.
O Co-piloto deve estar pronto em todos os momentos.
Qualquer tentativa de documentar as regras podem resultar em lesões corporais.
O co-piloto que não respeitar as regras é aterrado.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

CESSNA 310 CAI NA CALIFÓRNIA


Bombeiros trabalham nos destroços de avião Cessna 310 que caiu próximo ao aeroporto da ilha de Santa Catalina, na costa sul da Califórnia, no final da tarde deste domingo (3). Três pessoas ficaram feridas com queimaduras. Os bombeiros tiveram de controlar um pequeno incêndio florestal que se iniciou em volta do avião caído. (Foto: AP)


FONTE: PORTAL G1

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

ATR-72 DA TRIP FAZ POUSO DE EMERGENCIA EM MANAUS


O avião que teve que retornar para o Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, depois da decolagem, na manhã desta sexta-feira (25), teve um "problema de ordem técnica no sensor do trem de pouso", segundo nota divulgada pela Trip Linhas Aéreas. No total, 42 pessoas estavam na aeronave. Ninguém ficou ferido.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que a aeronave saiu de Manaus, às 6h35 (horário local), com destino a Itaituba (PA). Vinte minutos depois, o piloto teria entrado em contato com a torre de controle, informando que havia um problema. O avião, que transportava 38 passageiros e quatro tripulantes, sobrevoou a capital do Amazonas para gastar combustível.
O pouso de emergência ocorreu por volta das 8h40. De acordo com a Trip, os passageiros estão recebendo assistência e devem embarcar em outra aeronave para a conclusão da viagem.

LEIA A NOTA DA COMPANHIA

"A TRIP Linhas Aéreas informa que a aeronave ATR-72, que fazia o voo 5603 partindo de Manaus (AM) com destino a Itaituba (PA) apresentou, logo após a decolagem, um problema de ordem técnica no sensor do trem de pouso. A tripulação técnica adotou o procedimento padrão de pouso nesta condição, e após a confirmação de se tratar de um erro de sensor, a aeronave pousou normalmente.

A TRIP Linhas Aéreas informa que, em função do atraso gerado pelo incidente, a companhia está prestando a devida assistência aos 38 passageiros, enquanto providencia a realocação para outra aeronave, encaminhada pela Companhia para a conclusão do voo 5603."

FONTE: PORTAL G1

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

APAGÃO DE PILOTOS!!!




Matéria enviada por Talys Soares, aluno do curso de Ciências Aeronáuticas da EAC em Campina Grande, PB.

Apagão de pilotos
Aeroclubes não conseguem formar comandantes para aviões de grande porte e as empresas aéreas têm dificuldade para montar suas equipes no Brasil
Wilson Aquino




O maior poder aquisitivo do brasileiro e as facilidades na compra de passagens aéreas são um indicativo de que teremos voos lotados nos próximos anos. Entretanto, um assento corre o risco de permanecer vago na aeronave: justamente o do piloto. A formação de novos comandantes não vem acompanhando a força da indústria da aviação, que cresceu 27% no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado, e deve seguir em ritmo acelerado na próxima década.
São vários os motivos que podem levar a um apagão de pilotos em dois ou três anos. Desde 2005, houve um êxodo de comandantes para o Exterior. Pelo menos 600 se transferiram para a Ásia e o Oriente Médio, onde os salários são bem mais atraentes. A remuneração de um comandante aqui parte de R$ 6 mil e chega a R$ 18 mil. Lá fora, começa em torno de R$ 11 mil e alcança cerca de R$ 27 mil.
ESCOLA

A formação dada nos aeroclubes está aquém do que se exige no mercado

Outro problema é a desatualização das escolas de aviação. A formação dos pilotos está a anos-luz do que é exigido pelas companhias aéreas. “Os aeroclubes não são mais adequados para funcionar como centros de instrução”, diz Adalberto Febeliano, diretor de relações institucionais da Azul. Essas escolas deixaram de receber incentivos do governo e praticamente pararam no tempo. Os alunos aprendem a voar em velhos monomotores e em simuladores arcaicos. “O sujeito que aprende a andar de bicicleta não está habilitado a dirigir uma moto”, compara Febeliano, que no último ano repatriou 33 pilotos brasileiros da Ásia, do Oriente Médio e da Europa para compor os quadros da empresa. Outras quatro pessoas já foram selecionadas.

PERCALÇO

Falta dinheiro a Gabriel Pires para concluir o curso.

Com vagas disponíveis para dez copilotos de Airbus 319 e 320, o diretor de treinamento e operações da TAM (agora, Latam), comandante Leonard Grant, também reclama da falta de profissionais bem preparados. “Não quero colocar em um Boeing 737-800 um piloto com 300 horas de experiência em outro tipo de avião, provavelmente monomotor com dois lugares ou três”, justifica. A Gol, que enfrentou problemas no término das férias escolares e teve de cancelar voos por causa da escala da tripulação, informou, através de nota enviada à ISTOÉ, que seus profissionais “passam por frequentes treinamentos, estando sempre atua­lizados e a par das normas do setor aeronáutico nacional e internacional.”
A atualização a que a Gol se refere é, na opinião do instrutor de voos Adelmo Louzada, o maior ponto fraco do Brasil hoje. “Os aeroclubes nasceram sob as asas do Estado, mas depois foram abandonados”, afirma ele, também diretor do Aeroclube do Brasil. Um sinal de que um apagão se aproxima é o número de habilitações para pilotos de Linha Aérea de Avião, os aptos a trabalhar nas grandes companhias aéreas, concedidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Em 2008, foram habilitados 333 novos pilotos. Em 2009, o número caiu para 230. Nos três primeiros meses deste anos foram 56.

Para obter a licença de piloto comercial são exigidas 150 horas de voo. Mas as grandes empresas não contratam pilotos com menos de 500 horas de voo. E para ser comandante é necessário ter pelo menos mil horas – se o candidato tiver formação superior em ciências aeronáuticas. Se possuir apenas o segundo grau, são necessárias 1.500 horas. Por isso, quem obtém o brevê tem de ganhar experiência por conta própria para estar apto a entrar numa grande companhia. “As empresas vão ter de reduzir essas exigências, senão vai faltar gente”, acredita o comandante Elones Fernando Ribeiro, diretor da Faculdade de Ciências Aeronáuticas da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul. Segundo ele, após 2,8 mil horas de aula teórica e 200 horas de voo o formando tem condições de ingressar no mercado. “Aqui no Brasil, existe a cultura de que horas de voo representam experiência, independentemente do tipo de avião em que voou. Isso é bobagem”, diz. O diretor de segurança operacional da Anac, Carlos Eduardo Pellegrino, pretende conversar com o setor para estruturar a carreira de piloto de modo a reduzir a distância entre a formação e o mercado. “As empresas precisam pegar esses pilotos de estágio inicial e ir progredindo com eles”, defende.




O custo elevado da formação também limita o acesso ao curso de aviador. Para tornar-se piloto comercial é preciso gastar R$ 70 mil – o preço da hora de voo varia entre R$ 240 e R$ 800. O carioca Gabriel Pires, 21 anos, por exemplo, quer se formar piloto comercial e concluir a faculdade. Ele sonha em comandar um Boeing desde os sete anos, quando voou pela primeira vez. Mas seus pais, que bancaram seus estudos até agora, não têm mais como arcar com os custos. “Quero uma vaga de instrutor para atingir a meta de horas”, diz ele.
Para amenizar a situação, a Anac lançou mão de um artifício usado na década de 1970: vai bancar a formação, com a concessão de bolsas, de 213 novos pilotos, sendo 139 privados e 74 comerciais. Para tanto, firmou convênio com 19 aeroclubes de oito Estados e vai desembolsar R$ 3 milhões, recursos do Programa de Desenvolvimento da Aviação Civil do Ministério da Defesa. Mais de 400 candidatos se inscreveram. Outras medidas estão em estudo, como a abertura do mercado para pilotos profissionais estrangeiros, hoje proibida pelo Regulamento Brasileiro de Homologação Aeronáutica (RBHA), que deve provocar polêmica.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

ATR-42 DA COINVIAS CAI NA VENEZUALA - 51 ESTAVAM BORDO - 15 MORRERAM


O acidente aéreo desta segunda-feira (13) na Venezuela teve 15 mortos e 36 sobreviventes, informaram as autoridades, destacando que o boletim é definitivo.
O avião, da companhia aérea estatal venezuelana Conviasa, transportava 51 pessoas quando caiu, por causas ainda desconhecidas, no estado de Bolívar, no sudeste da Venezuela.
"No total, temos 36 sobreviventes e 15 mortos. Estas pessoas que sobreviveram estão sendo atendidas e contam com todo o apoio do governo", declarou o ministro dos Transportes e Comunicações, Francisco Garcés.
Segundo o ministro, a maior parte dos feridos sofreu traumatismos e queimaduras, mas não corre risco de vida.
"Hoje ocorreu isto aqui na Venezuela, apesar da segurança que mantemos nas linhas aéreas, mas podemos dizer, com alegria, que temos 36 sobreviventes", acrescentou Garcés.
O governador do estado de Bolívar, Francisco Rangel Gómez, disse que alguns feridos, em estado mais grave, podem ser levados à capital, Caracas.
Havia quatro tripulantes e 47 passageiros a bordo. Inicialmente, havia sido informado um total de 47 pessoas na aeronave.

O ACIDENTE
O avião ATR-42 de fabricação francesa pertencia à empresa estatal Conviasa e fazia uma rota doméstica entre Porlamar, na turística Isla de Margarita, e Ciudad Guayana. Inicialmente, as autoridades haviam dito que o avião partia de Ciudad Guayana.
O acidente ocorreu a pouco mais de 9 quilômetros de Puerto Ordaz, que faz parte de Ciudad Gayana e fica a 730 km a sudeste da capital, Caracas.
O avião caiu próximo à entrada das instalações da Siderúrgica del Orinoco (Sidor). Ele ficou bastante danificado, praticamente partido em dois.
Apesar de ter caído numa área movimentada, ele não deixou vítimas em terra, segundo o governador, porque caiu em uma área usada como depósito de materiais usados.
O governador explicou que o acidente aconteceu depois que o avião registrou uma "perda de controle", que chegou a ser notificada à torre pelo piloto.
"Infelizmente, há mortos, mas (...) ao observar o estado em que ficou o avião, acho que tivemos sorte", explicou o ministro dos Transportes e das Comunicações, Francisco Garcés.
"A situação está sob controle", acrescentou o ministro, indicando que a intervenção imediata impediu uma tragédia maior.
O ATR-42 atinge 555 km/h, tem capacidade para entre 44 e 50 passageiros e tem autonomia de voo de 1.611 km.
Um porta-voz afirmou à France Presse que a empresa ATR "está trabalhando em estreita colaboração com a companhia aérea e com as autoridades para compreender as causas do acidente".
A Conviasa é uma companhia aérea estatal venezuelana nascida em 2004 que realiza voos nacionais e também com destino a Teerã, Damasco, Buenos Aires e vários pontos do Caribe.
O último grande acidente aéreo na Venezuela havia ocorrido em 2008, quando um avião da empresa local Santa Barbara com 46 a bordo caiu em uma região montanhosa, matando todos a bordo.


Fonte: Portal G1

sábado, 11 de setembro de 2010

INFRAERO LANÇA SEU NOVO PORTAL NA INTERNET


A Infraero lançou nesta quinta-feira, 9 de setembro, seu novo portal. Por meio do endereço www.infraero.gov.br, a empresa estabelece uma ferramenta essencial de comunicação, negócios e interação com seus clientes – principalmente os usuários do transporte aéreo – e toda a sociedade.

Com um layout mais moderno e funcional, o novo portal possui as mesmas facilidades do antigo site e ainda traz novidades, como o link “Tempo nos Aeroportos”, onde é possível conferir dados sobre temperatura, visibilidade e outros quesitos nos aeroportos brasileiros. No link “Obras e Investimentos” estão os planejamentos da Infraero na modernização e ampliação de sua Rede.

A área dedicada à Imprensa ganhou novo layout, tornando mais visíveis as notícias sobre os aeroportos da Rede e a área de “Notas e Respostas”, com as réplicas e informações encaminhadas pela Assessoria de Imprensa da Infraero aos veículos de comunicação.

Os itens sobre atrasos de voos (“Situação dos Voos”), voos online (“Consulte seu Voo”), bastante requisitados no antigo site, ganharam nova formatação no portal, tornando-se mais funcionais para os usuários.

O novo portal também apresenta outras ferramentas inéditas até então: vídeos sobre os aeroportos da Rede Infraero, um banco de imagens com fotos dos aeroportos administrados pela empresa, além de um link para o canal da Infraero no Twitter – o @canalinfraero. Tudo preparado para oferecer uma melhor navegação e informações sempre atualizadas aos passageiros e usuários.

O projeto do novo portal nasceu da parceria entre as equipes da Superintendência de Marketing e Comunicação Social e da Superintendência de Tecnologia da Informação da Infraero. O projeto apresenta como fatores positivos o uso de software livre, seguindo orientações do E-Gov, e regras de acessibilidade.

As mudanças incluíram a gestão centralizada na sede da Infraero, em Brasília (DF), uma nova arquitetura de apresentação de conteúdos e interface gráfica, novas informações e serviços. Estas mudanças englobam a primeira fase do portal, que ainda receberá mais novidades. “A evolução será constante, possibilitando a inclusão de dados – sobretudo dos aeroportos da Rede Infraero – com o objetivo de sempre oferecer informações atuais aos usuários”, destacou a superintendente de Marketing e Comunicação da Infraero, Léa Cavallero.


quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Queda de pequeno avião em San Francisco deixa um morto


Uma mulher de 40 anos foi encontrada morta ao lado dos destroços de um pequeno avião que caiu em uma lagoa em San Francisco, nos Estados Unidos. Mergulhadores procuram mais duas pessoas que podiam também estar a bordo.
Fonte: Portal G1

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Avião com buraco na fuselagem faz pouso de emergência nos EUA

Um avião da Qantas, que havia decolado com destino a Sydney, fez um pouso de emergência no Aeroporto de San Francisco, na Califórnia, Estados Unidos, após um defeito no motor provocar uma explosão e um buraco na fuselagem da aeronave, informou a companhia área australiana nesta quarta-feira (1º).

O acidente ocorreu sobre o Oceano Pacífico, após 45 minutos de voo. Para realizar a manobra com segurança, o comandante da aeronave piloto despejou combustível no mar e voltou ao aeroporto norte-americano. Não há registro de feridos.

Segundo a imprensa australiana, o Boeing 747-400 transportava 212 pessoas. De acordo a agência de notícias Efe, 230 pessoas estavam a bordo da aeronave.
O voo decolou de San Francisco na noite de segunda-feira (30), mas, segundo as agências internacionais de notícias, um de seus motores passou a vibrar, pegou fogo e parte dele explodiu, causando um buraco na fuselagem.

“Ocasionalmente os motores falham nos aviões. Isto prova a habilidade de nossos engenheiros e da tripulação, que trouxeram o avião de volta de forma segura”, afirmou o porta-voz da empresa, David Epstein.

Alguns passageiros confirmaram à imprensa australiana que notaram uma forte vibração, e depois descobriram que saíam chamas de um motor na asa direita do avião. Após a aterrissagem emergencial, os passageiros aplaudiram a manobra e deixaram o avião rapidamente utilizando um escorregador.
Fonte: Portal G1

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Lear Jet da Ocean Air faz um pouso forçado no Santos Dumont


O diretor da Ocean Air, Ricardo Santos, disse em entrevistra coletiva nesta quinta-feira (12) que somente as investigações poderão revelar se o acidente desta manhã com a aeronave Learjet da empresa foi causado por uma pane eletrônica ou mecânica.

Segundo ele, o avião "perdeu parte das comunicações e da indicação dos instrumentos" e ficou "apenas cinco minutos" no ar antes de cair na Baía de Guanabara ao tentar pousar no aeroporto Santos Dumont. O avião somente foi içado do mar no fim da tarde, e o aeroporto precisou suspender os pousos e decolagens para facilitar o trabalho das equipes.


Ainda segundo o diretor, o laudo inicial do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) deverá ficar pronto em cinco dias. Já a investigação paralela da empresa deverá ser concluída em 30 dias, prorrogáveis por até 90 dias.

Santos disse que logo após o avião decolar do Santos Dumont em direção ao Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim, o piloto identificou "o problema técnico". Ele teria então optado por voltar ao Santos Dumont e, como perdeu a comunicação, teve que usar o transponder (aparelho que aponta a posição da aeronave no radar) para sinalizar à torre que estava com problemas.

Segundo ele, a aeronave chegou a pousar e percorrer os 1.460 metros da pista, tentou dar um "cavalo de pau" (uma manobra), não conseguiu parar e caiu no mar, a 2 metros de distância da pista. Com a queda, o bico da aeronave ficou avariado.
Os quatro passageiros que pegariam o avião no Tom Jobim, ainda segundo Santos, foram realocados para outra aeronave da companhia e já estão no destino, em Pernambuco. O diretor não confirmou se seria a apresentadora Xuxa uma das passageiras, alegando "contrato de confidencialidade". A assessoria da apresentadora confirmou que ela embarcaria na aeronave.

Em nota divulgada mais cedo pela empresa, os três tripulantes foram resgatados sem ferimentos e encaminhados para avaliação médica, com acompanhamento da Ocean Air.

A assessoria de imprensa da Infraero em Brasília informou que as ações iniciais de investigação já começaram a ser executadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Fonte: Portal G1

terça-feira, 10 de agosto de 2010

GOL PERDE PARTICIPAÇÃO NA AVIAÇÃO DOMÉSTICA EM JULHO

A aviação brasileira voltou a mostrar crescimento expressivo da demanda por voos domésticos em julho. A expansão foi de 18,5% na comparação com julho de 2009, percentual superior aos 16,8% registrados em junho na mesma comparação. No acumulado de sete meses, a expansão atinge 26% frente ao mesmo período do ano passado, informa a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A oferta de assentos pelas companhias aéreas cresceu acima da demanda em julho, atingindo 21,4%, o que levou a taxa média de ocupação dos aviões a apresentar um leve recuo, de 72,9% em julho de 2009 para 71,2% no mesmo mês deste ano.

A TAM seguiu na liderança do mercado, com participação de 43,0%, pouco abaixo dos 43,15% registrados em julho de 2009 e levemente superior aos 42,2% de junho.

A Gol perdeu espaço nas duas comparações. A empresa - que enfrentou problemas com atrasos de voos no final de julho e início de agosto - ficou com 38,15% do mercado no mês passado, abaixo dos 42,88% de julho de 2009 e dos 39,11% de junho deste ano.

A Azul assumiu o terceiro posto, com 6,3% de market share, à frente da Webjet, com 6,0%; e da Avianca (antiga OceanAir), com 2,91%.

Nas rotas internacionais, as companhias brasileiras registraram aumento de 28,1% na demanda em julho sobre o mesmo mês do ano passado, também acima do crescimento de 22,3% apurado em junho. Em sete meses, o setor internacional avançou 15,7%.

A oferta de assentos aumentou apenas 9,5% em julho, o que fez a ocupação média das aeronaves saltar de 70,3% em julho de 2009 para 82,2% no mesmo mês deste ano.

A TAM respondeu por 82,7% dos voos internacionais, abaixo dos 88,3% que tinha em julho do ano passado e dos 84,3% de junho. A Gol ficou com fatia de 16,9%, superando os 11,5% de um ano atrás e os 15,5% do mês anterior.
FONTE: PORTAL G1

sábado, 7 de agosto de 2010

AUSÊNCIA TEMPORÁRIA

Olá amigos, venho por meio deste post informá-los que, por motivos pessoais, durante esse mês de agosto não poderei manter o blog constantemente atualizado como vinha fazendo anteriormente. Mesmo assim tentarei trazer as notícias mais importantes que possam surgir até o ínicio de setembro. Aguardem pois em breve outras novidades virão.

Agradeço pela atenção e compreensão de todos!

Abraço e bons voos sempre!!!

Bruno Maciel

terça-feira, 27 de julho de 2010

MD-11 CARGUEIRO DA LUFTHANSA CAI NA ARÁBIA SAUDITA

Um cargueiro da companhia aérea alemã Lufthansa caiu nesta terça-feira no aeroporto Rei Khaled de Riad, e o piloto e o copiloto ficaram apenas levemente feridos, informou à AFP um porta-voz da Autoridade Saudita da Aviação Civil. "O comandante e o copiloto passam bem. Ficaram levemente feridos", frisou o porta-voz, Khalid al-Khaibri.

A Lufthansa confirmou o acidente, explicando que o aparelho, um MD-11 transportando 80 toneladas de carga de Frankfurt (oeste da Alemanha) em direção à capital saudita, caiu às 11h38 locais (5h38 de Brasília), segundo um comunicado, divulgado em Berlim.

A companhia informa que "está sendo realizada uma investigação para determinar as causas do acidente". A empresa também disse que não se sabe ainda qual era a carga e quais foram as companhias afetadas.


O piloto do MD-11, que fazia o voo 8460 proveniente de Frankfurt, conseguiu advertir os funcionários do aeroporto sobre um incendio declarado no compartimento de carga, antes de pousar, informou o porta-voz da Aviação Civil.

"O comandante de bordo informou à torre de controle que o fogo se espalhava pela parte traseira do avião", precisou. O aeroporto mobilizou, então, equipes de socorro e bombeiros na pista. O canal de televisão Al-Arabiya, com sede em Dubai, informou que o piloto e o copiloto haviam sido socorridos e hospitalizados.

O acidente aconteceu durante as manobras de aterrissagem do aparelho que, em contato com o solo, dividiu-se em dois, segundo a Al-Arabiya. A carcaça do avião pode ser vista numa pista secundária do aeroporto.

FONTE: PORTAL G1

quinta-feira, 22 de julho de 2010

NOAR ANUNCIA NOVOS DESTINOS E VOOS NOS FINAIS DE SEMANA

O principal objetivo da Noar Linhas Aéreas é promover a ligação entre as capitais da região Nordeste e os grandes centros urbanos do interior. Pensando nisso, a companhia, que iniciou suas operações no dia 14 de junho, anuncia a ampliação da malha da empresa, incluindo os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Bahia. Antes a Noar operava somente em Pernambuco, Alagoas e Sergipe, com uma aeronave. Com as novas rotas, passa a operar com duas aeronaves.
A base da segunda aeronave será no Recife e terá voos diários (segunda-feira a sexta-feira) para João Pessoa, Natal, Mossoró e Paulo Afonso, a partir do dia 30 de agosto. Além disso, a companhia também vai passar a oferecer voos aos sábados e domingos para Maceió e Aracaju, cidades atualmente atendidas com o serviço da empresa. ”No caso do voo Recife-Maceió-Aracaju, aos sábados e domingos, será um voo por dia, mas ainda não podemos divulgar o horário porque estamos aguardando a Hotran, que é a autorização de rota da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), mas a partir do dia 6 de agosto, o serviço já vai estar disponível”, afirma Fernanda Bittencourt, gerente de marketing da Noar. A empresa também aguarda autorização da Anac para definir as rotas dos novos destinos.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Azul compra 20 aviões turboélices da ATR

A quarta maior companhia aérea do país, Azul, anunciou nesta terça-feira (20) que passará a operar no segundo semestre de 2011 com aviões turboélice da francesa ATR, que reforçarão o modelo adotado pela empresa fundada em 2008 de operar com jatos regionais da Embraer.
A companhia comprou 20 aviões modelo ATR 72-600 e tem opções de compra de mais 20 unidades em um contrato de cerca de US$ 850 milhões , incluindo as opções. Cada aparelho será configurado para 70 passageiros.
Com os aparelhos, a empresa passará a captar passageiros de localidades próximas a seus principais centros de operação, que incluem o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).
"Vamos atender com esses aviões um raio da até 800 quilômetros de nossos hubs, que são regiões que estão atravessando por um verdadeiro boom econômico", afirmou o presidente-executivo da Azul, Pedro Janot. "Os ATRs vão funcionar com um conceito de alimentadores para nossos Embraer", acrescentou o executivo.
Conforme o presidente, na operação dos ATRs, a Azul pretende utilizar aeroportos atualmente pouco movimentados, sejam eles operados pela Infraero, Estado, ou prefeituras, que normalmente possuem pistas de pousos menores, mais compatíveis com o modelo.
A companhia tem atualmente uma frota de 18 aviões Embraer e deverá encerrar o ano com 26 aeronaves. Com a fabricante brasileira de aviões, a companhia aérea tem 41 pedidos firmes, além de opções e direitos de compra para outras 40 aeronaves.
A Azul atende 22 cidades do país e até o final do ano vai aumentar a malha para mais 4 cidades distribuídas pelas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, disse Janot, evitando dar detalhes sobre destinos ou preços, mas citando como exemplos as cidades de Criciúma (SC) e Passo Fundo (RS).
Mercado
No primeiro semestre deste ano, a companhia assumiu uma participação de 5,43% do mercado de aviação brasileiro, quase o dobro dos 2,81% de um ano antes. A rival mais próxima é a WebJet, que ficou com fatia de 6,24%, ante 4% nos primeiros seis meses de 2009.
O presidente da Azul comentou que a empresa vislumbra fazer uma abertura de capital com oferta de ações (IPO) entre 2011 e 2012, mas que a prioridade por hora é reforçar a geração de caixa, que será impulsionada pelos ATRs. Segundo Janot, o custo por passageiro desses aviões é baixo e os novos aparelhos vão ajudar a diluir os custos fixos da companhia.
Ele afirmou ainda que a Azul deve encerrar 2010 com um lucro anual pela primeira vez.
FONTE: PORTAL G1

domingo, 18 de julho de 2010

AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS IRÁ OPERAR COM ILS CAT III A PARTIR DE 2011

O Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) anunciou ontem a instalação do sistema ILS3, que garante a precisão de pouso sem que o piloto enxergue a pista. Isso significa que Cumbica não precisará mais fechar por mau tempo. Desde junho, a neblina impediu que 60 mil passageiros pousassem ou decolassem.

Teoricamente funcionando 24 horas por dia, Cumbica ficou fechado mais de um quarto desse tempo no último mês e meio. O aeroporto opera atualmente com o sistema ILS2, que exige do piloto uma visibilidade de pelo menos 60 metros à sua frente, o que nem sempre é possível.

A categoria 3 que o Brasil vai alcançar em 2011 é o que há de mais avançado em segurança de voo no mundo. Aeroportos dos Estados Unidos, Bélgica e Inglaterra já utilizam o equipamento desde a década de 1960.

Para usufruir da nova tecnologia, no entanto, as companhias aéreas precisarão se adaptar. Hoje, apenas a TAM tem sistema compatível com o ILS3, e, ainda assim, apenas em aeronaves que fazem rotas internacionais. Além disso, para pousar em meio ao nevoeiro, o piloto também precisa de um treinamento especial. Tais exigências ainda não são obrigatórias, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Instalar o equipamento mais moderno ainda está longe de ser a solução para a situação aeroportuária. Com um investimento de R$ 150 milhões até 2014, ano da Copa, a Aeronáutica pretende ampliar a capacidade de controle de voos tanto em Cumbica quanto no Aeroporto do Tom Jobim/Galeão, no Rio.

São Paulo hoje tem capacidade 45 movimentações (pousos e decolagens) por hora em seu aeroporto internacional e poderá receber até 60 aeronaves simultâneas. O problema é que não há capacidade de pista nem terminal de passageiros para isso.

"Por enquanto, ainda não existe infraestrutura aeroportuária adequada. Mas se a Infraero decidir expandir os aeroportos, estaremos preparados", disse o coronel José Moretti da Silveira, chefe do SRPV-SP.

Outra pedra no sapato da aviação brasileira, Congonhas deve ganhar uma torre de controle até 2011, que permitirá visualização total da movimentação de aviões - a atual, construída em 1945, não dá aos controladores uma visão completa: é preciso o auxílio de técnicos da Infraero no gerenciamento dos "pontos escuros" da pista.

O aeroporto doméstico de São Paulo também continua sofrendo com a interferência das rádios piratas na comunicação entre o piloto e a torre. Por ser um aeroporto pequeno com pista mais curta, Congonhas continuará operando com a tecnologia ILS1, que exige o mínimo de 800 metros de visibilidade à frente do avião.
FONTE: Jornal O Estado de São Paulo.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Infraero diz que R$ 6,48 bilhões serão investidos em aeroportos até 2014

A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) afirmou, em comunicado divulgado nesta sexta-feira (16), que serão investidos R$ 6,48 bilhões em 23 aeroportos brasileiros entre 2011 e 2014. Do montante, R$ 5,4 bilhões serão destinados aos 14 aeroportos situados nas cidades-sede da Copa do Mundo.
Todos os recursos serão investidos via PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), segundo a Infraero. A estatal arcará com 61% dos R$ 6,48 bilhões, e o governo federal com o restante. De acordo com estudos encomendados pelo Ministério da Defesa, durante a realização da Copa do Mundo o volume de passageiros poderá ser 10% superior ao movimento normal estimado para o período.
A estatal informou ainda que obras já estão em andamento em diversos aeroportos, como o Galeão (RJ), Guarulhos (SP), Congonhas (SP), Recife (PE), Parnaíba (PI). A Infraero também citou na nota a construção dos aeroportos de Boa Vista (RR) e Cruzeiro do Sul (AC).
Na semana passada, o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, afirmou na África do Sul que a maior preocupação para a Copa no Brasil são os aeroportos. Na ocasião, Teixeira disse desconhecer quais são os planos de reforma, ampliação e construção de aeroportos no país.

PAPO DE HANGAR COMEMORA 40.000 VISITAS

O Papo de Hangar completou essa semana 40.000 visitas. Desde o seu lançamento em 2007, ainda como Cmte Maciel, o blog vem sempre procurando inovar, trazendo constantemente novas notícias sobre o que ocorre na aviação como um todo no Brasil e no Mundo.
E para comemorar esse lançamento o Papo de Hangar modificou mais uma vez o seu lay-out, mas sem deixar de lado todos os itens já existentes, pelo contrário trazendo novidades como vocês poderão ver abaixo das postagens já está disponível link's para que os leitores possam disponibilizar as informações encontradas aqui, também no Facebook, Twitter, Google Buz, como também poderá Bloggar a postagem ou envia-la para os amigos através de e-mail's.
Diferente do que vinha sendo feito nas últimas alterações, dessa vez optei por um design mais limpo e com uma página com cores mais claras que remete a um céu azul e com poucas nuvens.
Só aqui no Papo de Hangar você poderá encontrar uma variedade enorme de conteúdo, para todos os segmentos da aviação, inclusive aviação virtual. Vejam vídeos de desastres Aéreos, Red Bull Air Race, Flight Simulator, ouça em tempo real o que os controladores estão falando com os pilotos nos principais aeroportos da América do Sul, acompanhe as principais notícias da Anac, Infraero e da Força Aérea Brasileira. Tenha acesso direto aos sites das principais companhias aéreas brasileiras e os maiores fabricantes de aeronaves do mundo, além dos sites mais importantes da aviação.
Agradeço a todos que prestigiam o blog participando, enviando matérias, participando das enquetes (em breve teremos outras), enviando vídeos, link's utéis e etc. Além disso também agradeço aos parceiros que são realmente muito importantes para que o blog tenha alcançado a marca de 40.000 visitantes, onde muitas vezes ficaram conhecendo o blog através da divulgação existente nos sites parceiros. Em breve teremos também mais parcerias firmadas.
Um grande abraço a todos! Obrigado pela força!
Bons voos sempre!
Bruno Maciel

HELICÓPTERO CAI EM CANAVIAL NO INTERIOR DE SÃO PAULO

Um helicóptero com três ocupantes caiu no início da noite desta sexta-feira (16) no meio de um canavial no distrito de Vale Formoso, em Novo Horizonte, a 399 km de São Paulo. Um deles, de 28 anos, morreu carbonizado no acidente. Segundo testemunhas, o helicóptero pegou fogo no ar e caiu na plantação.
A aeronave saiu de Promissão, a 451 km da capital, com destino a Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo. A polícia está no local e já encontrou o piloto e o dono do helicóptero. Eles foram encaminhados para o hospital de Novo Horizonte com queimaduras de segundo e terceiro graus.
O corpo do outro ocupante, filho do dono do helicóptero, foi encontrado carbonizado dentro do aparelho pela polícia momentos após a queda.
Estavam no helicóptero o piloto José Carlos Aparecido de Oliveira, 44, o dono do helicóptero, José Ferreira Ribas Neto, 54, e o filho dele, Luciano de Amaral Ribas, de 28 anos, a única vítima fatal.
FONTE: PORTAL G1

ESTUDO DA ANAC VÊ AEROPORTOS SATURADOS PARA 2014

Estudo da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aponta preocupação com o grau de saturação dos aeroportos brasileiros para a Copa do Mundo de 2014. O órgão estuda propostas que pode ser aplicadas, caso obras de ampliação não sejam realizadas: permitir a operação 24 horas dos aeroportos de Congonhas e Santos Dumont, utilização de bases aéreas para voos comerciais e restrição de voos regulares para as cidades-sedes em dias de jogos, dando prioridade a voos fretados.

AERONAVE DA TAM SE CHOCA COM PÁSSAROS EM CONGONHAS

Na tarde de hoje, uma acft da TAM que decolava da 17R se chocou com pássaros, que caíram na pista e paralizaram durante alguns minutos a operação de pousos e decolagens na RWY.
EXCLUSIVO PAPO DE HANGAR.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

SOLAR IMPULSE DECOLOU HOJE ÀS 5:00Z


O avião experimental "Solar Impulse", alimentado exclusivamente por energia solar e com o qual seu promotor, Bertrand Piccard, planeja dar a volta ao mundo em 2012, decolou nesta quarta-feira (7) com o objetivo de completar o primeiro voo noturno da aviação solar. O avião, pilotado por Andre Borschberg, partiu pouco antes das 7h locais (2h em Brasília) do aeroporto de Payerne, oeste da Suíça.
plano é voar durante o dia para carregar as baterias solares e poder se manter no ar durante a noite, para finalmente aterrissar 24 horas após ter decolado.
A aeronave tem como fonte de energia 12.000 células fotovoltaicas que alimentam os quatro motores elétricos (10 CV cada) e recarregam as baterias de lítio polímero de 400 kg.
O aparelho demonstrou funcionar bem durante o dia, com um primeiro voo de sucesso em 7 de abril e outros 10 desde então.
FONTE: PORTAL G1

segunda-feira, 5 de julho de 2010

FOI SEQUESTRADO O SENECA II QUE HAVIA DESAPARECIDO NO MATO GROSSO


O piloto civil Cleimer de Sousa Portela, de 60 anos, com mais de 10 anos de aviação entrou em contato com a empresa de táxi aéreo Abelha por volta de 9h desta segunda-feira (5) para informar que está bem. . O comandante Portela, havia decolado com um avião bimotor Sêneca II (PT-EZC) com capacidade para seis pessoas e autonomia para 4h30m de voo desapareceu após decolar de Rondonópolis, no interior de Mato Grosso na última sexta-feira (2).

Ele havia viajado a cidade para buscar um passageiro que contratara a aeronave, da empresa Abelha Táxi Aéreo. Na contratação, não houve exigência com relação ao modelo da aeronave. O passageiro, que seria um advogado, viajaria para Cuiabá ou Cáceres. O último contato feito pelo piloto foi às 13h14m de sexta-feira, dia 2 de junho. Depois de decolar, o avião desapareceu. Segundo o coordenador de voo da companhia, Ivo Pereira, o piloto pousou a aeronave em São José dos Chiquitos, na Bolívia. De lá, ligou para a empresa, que é proprietária do avião, e foi orientado a pegar um táxi até Corumbá, no Mato Grosso do Sul, onde outra aeronave da empresa irá buscá-lo.

"Ele voou até Rondonópolis (MT), onde pegaria um passageiro que seria levado até Cárceres (MT). Antes dele chegar a Cárceres, perdemos o contato. As primeiras informações são de que o passageiro, que nos deu informações falsas, sequestrou o avião. Mas não temos mais informações sobre o passageiro. Nosso foco é trazer o piloto com segurança para Cuiabá (MT)", disse Pereira.
A Polícia Civil do Mato Grosso informou que se trata de um caso de roubo de avião. Como a aeronave, que ainda está desaparecida, cruzou a fronteira, as investigações devem ser conduzidas pela Polícia Federal. O piloto vai ser ouvido pela polícia quando chegar ao Brasil.


domingo, 4 de julho de 2010

SENECA II DA ABELHA TÁXI AÉREO ESTÁ DESAPARECIDO DESDE A ÚLTIMA SEXTA-FEIRA


Um avião Sêneca II PT-EZC com capacidade para seis pessoas desapareceu após decolar de Rondonópolis (MT) com destino a Pontes e Lacerda (MT), informaram a Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Estado e a Polícia Civil neste domingo (4).

De acordo com a assessoria de imprensa da polícia civil, o último contato foi feito pelo piloto às 13h44 da tarde da sexta-feira e tudo indica que só o piloto estava a bordo.
A aeronave pertence à empresa Abelha Táxi Aéreo, com base em Cuiabá.
O delegado Luciano Inácio da Silva, da gerência de investigações da Polícia Civil, é quem está liderando as investigações sobre o caso.
Segundo a polícia civil, o alarme do desaparecimento foi dado muito tempo depois do ocorrido, o que dificulta a localização. Policiais, no entanto, trabalham em busca de pistas que ajudem a localizar a aeronave.
Fonte: Portal G1

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Carro que vira avião em 30 segundos é aprovado nos EUA


A Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos aprovou a produção de uma aeronave também preparada para andar como um carro nas ruas.
O veículo recebeu aprovação para ser produzido como uma aeronave esportiva leve, apesar de pesar cerca de 50 quilos a mais do que o permitido na categoria.
Nesse tipo de categoria, é preciso apenas 20 horas de voo para se obter uma licença.
Mas a Terrafugia, a empresa que criou o protótipo do Transition, disse que era impossível colocar todos os equipamentos de segurança exigidos para um carro desse tamanho respeitando o limite de peso e acabou conseguindo que a autoridade reguladora da aviação no país abrisse uma exceção e aprovasse o monomotor.

Segurança

O Transition tem autonomia de voo de mais de 700 km, capacidade para duas pessoas, velocidade máxima de 185 km/h no ar e pode ser transformado de carro em avião em apenas 30 segundos pelo piloto, segundo a Terrafugia.
Movido a gasolina comum, o protótipo tem tração nas rodas dianteiras para circular nas ruas e um propulsor para o voo.
Quando está em sua configuração como carro, com as asas dobradas, tem um tamanho que permite que seja guardado em uma garagem comum.
Segunddo a Terrafugia, uma das principais vantagens do carro sobre aeronaves leves existentes é a segurança, já que o Transition pode ser dirigido na estrada no caso de mau tempo, em vez de ser impedido de voar ou de decolar em condições perigosas.
O carro voador custará em torno de US$ 200 mil (cerca de R$ 360 mil), e a empresa diz que já recebeu 70 encomendas, com os interessados pagando um depósito de US$ 10 mil (cerca de R$ 18 mil).
O veículo deverá começar a ser entregue no fim de 2011, segundo a Terrafugia. Para os responsáveis pelo projeto, ele terá o potencial para "mudar o mundo da mobilidade pessoal". "Os deslocamentos agora se tornam uma experiência integrada terra-ar sem dores de cabeça. É o que os entusiastas da aviação vêm buscando desde 1918", disse Carl Dietrich, presidente Terrafugia.
Fonte: Portal G1

quarta-feira, 16 de junho de 2010

AVIÃO COM 33 A BORDO SAI DA PISTA NO CANADÁ

Incidente com voo vindo de Washington ocorreu no pouso em Ottawa. Dois tripulantes e uma passageira idosa ficaram levemente feridos.

O avião, um Embraer 145 de fabricação brasileira que vinha de Washington, saiu da pista durante o pouso com 33 pessoas a bordo. O piloto, um copiloto e uma passageira idosa se feriram levemente, segundo as autoridades. (Foto: AP)


Equipes de resgate observam avião da United Airlines Express que saiu da pista nesta quarta-feira (16) no aeroporto internacional de Ottawa, em Ontario, no Canadá. (Foto: Reuters)

FONTE: PORTAL G1

terça-feira, 15 de junho de 2010

CASA DA MOEDA IRÁ IMPRIMIR CERTIFICADOS E HABILITAÇÕES DA ANAC

A partir do dia 1º de julho, as Carteiras de Habilitação Técnica (CHT) e certificados expedidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) serão impressos pela da Casa da Moeda do Brasil. Além dos requisitos de segurança, que dificultam a falsificação, a parceria garantirá mais agilidade e comodidade na entrega dos documentos. A carteira de piloto, por exemplo, será entregue no domicílio do solicitante, dentro de dois dias úteis para quem mora nas capitais ou em até sete dias úteis para quem reside no interior dos estados. Os certificados serão impressos em papel especial com marca d’água de identificação, moldura com microtextos negativos, fundo invisível reagente à luz ultravioleta, que incorpora o logotipo da ANAC, efeito íris e tinta de segurança de variação ótica com luminescência.


A nova carteira de habilitação terá foto, assinatura e um chip com todas as informações do profissional. A arte gráfica, desenvolvida na ANAC, retrata na cor azul claro o busto do brasileiro Alberto Santos Dumont e o voo do 14 Bis.

As novas licenças serão emitidas para todos os pilotos, mecânicos de voo, comissários, mecânicos de manutenção aeronáutica, despachantes operacionais de voo e operadores de equipamentos especiais regulados pela ANAC, sempre que seu titular requerer uma nova licença, uma nova habilitação, a revalidação de uma habilitação já existente, incluir ou retirar uma observação, ou solicitar uma segunda via. As licenças atuais permanecerão válidas até 31 de dezembro de 2015, respeitadas as prerrogativas de suas habilitações correspondentes.

Para solicitar a CHT, basta preencher e assinar o Requerimento de Licenças e Habilitações, disponível na Internet (http://www.anac.gov.br/habilitacao/rbha61/FORMGPEL.pdf) e apresentá-lo ou enviá-lo (via Sedex) para a ANAC ou qualquer uma de suas Unidades Regionais. É importante que o titular da licença mantenha sempre atualizado seu endereço cadastrado na Agência para receber o documento pelos Correios. O valor cobrado pela emissão dos novos documentos não sofrerá reajuste.

A ANAC imprime mensalmente por volta de 1.500 habilitações, 500 Certificados de Aeronavegabilidade (CA), 400 Certificados de Matrícula (CM), 150 Certificados de Matrícula de Marca Experimental (CME) e 150 Certificados de Autorização de Voo (CAV). Por ano são impressos cerca de 4 mil Certificados de Capacidade Física (CCF).

Clique no link abaixo para ver como ficarão outros documentos:

OPERAÇÕES EM GUARULHOS ESTÃO PREJUDICADAS NESTA TERÇA-FEIRA

Até às 9h20 desta terça-feira (15), 24 pousos que estavam programados para o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, foram remanejados para outros terminais em Belo Horizonte (Confins), Rio de Janeiro (Galeão), Ribeirão Preto e Campinas(Vira-Copos). Os pousos estão suspensos no aeroporto de Cumbica desde as 6h24 por causa de um forte nevoeiro.
As decolagens, segundo a Infraero, acontecem apenas com o auxílio de aparelhos. Desde as 0h desta terça, seis partidas tiveram atrasos superiores a uma hora.
Ainda de acordo com a Infraero, não há previsão de quando o aeroporto da Grande São Paulo voltará a operar normalmente para pouso.
FONTE: PORTAL G1

segunda-feira, 14 de junho de 2010

NOVAS REGRAS DA ANAC QUE BENEFICIA OS PASSAGEIROS JÁ ESTÃO EM VIGOR

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou nesta segunda-feira que entrou em vigor, no domingo (13), a resolução que amplia os direitos dos passageiros de avião no caso de atrasos, cancelamentos ou prática de overbooking, quando as empresas vendem mais bilhetes do que a capacidade da aeronave.
Quando da publicação do texto no Diário Oficial, em 15 de março, a Anac informara que as novas regras entrariam em vigor nesta terça, dia 15 de junho. A agência, no entanto, refez as contas e informou que as regras passaram a valer no domingo.
Agora, companhias aéreas estão obrigadas a reembolsar de imediato o valor da passagem no caso de atrasos superiores a quatro horas ou cancelamentos de voo (quando o consumidor solicitar), mesmo quando não forem diretamente responsáveis, como em razão de condições climáticas desfavoráveis.
O texto publicado garante os direitos do consumidor de forma geral, sem considerar quem é o responsável pelo atraso ou cancelamento. Em um comunicado enviado pela Anac, o texto diz que a resolução "trata especificamente da assistência devida ao passageiro por problemas gerados pelas companhias aéreas". A assessoria de imprensa da Anac afirmou, porém, que as regras valem para qualquer situação, mesmo quando a culpa não for da empresa.
Entre as mudanças previstas na nova resolução, a principal se refere ao reembolso imediato aos passageiros que solicitarem. Antes, as companhias tinham até 30 dias para efetuar o pagamento.
A prática de "leilão" no caso de overbooking, quando as empresas dão benefícios aos passageiros que desistam de embarcar, foi regulamentada. Segundo a Anac, se o passageiro ficar satisfeito, as companhias não serão multadas pelo overbooking.
A Anac também obriga que as companhias deem assistência aos passageiros em prazo mais curto. Antes, as empresas só precisavam dar qualquer apoio material, como fornecer acesso a telefone e internet, após quatro horas de atraso ou cancelamento. Com as novas regras, o acesso a comunicação deve ocorrer após atraso de uma hora. Após duas horas, as companhias devem fornecer alimentação.
ANAC
A edição da Resolução foi amplamente discutida com os órgãos de defesa do consumidor, companhias aéreas e outros interessados. A ANAC buscou criar uma norma equilibrada, que ao mesmo tempo amplia os direitos e que também pode ser efetivamente praticada pelas empresas e cobrada pelos passageiros.
A Resolução nº 141 substitui parcialmente a Portaria nº 676-5/2000, no que se refere aos direitos e garantias do passageiro quando o contrato de transporte firmado com a empresa aérea é descumprido, por motivos de atraso, cancelamento de voos ou de preterição de passageiros. A íntegra da nova Resolução está disponível na página da ANAC na Internet: http://www.anac.gov.br/biblioteca/resolucao/2010/RA2010-0141.pdf
Multa por descumprimento

As companhias que descumprirem as regras, disse a Anac, podem pagar multas que variam entre R$ 4 mil e R$ 10 mil para cada situação.
Companhias

Quando as novas normas foram publicadas no "Diário Oficial" da União, o G1 procurou as cinco principais companhias aéreas do país: TAM, Gol/Varig, Ocean Air, Azul e WebJet para saber como elas iriam se adaptar às novas regras; somente TAM e Gol responderam.
A Gol disse que iria cumprir as regras. "A Gol segue rigorosamente a legislação em vigor", respondeu por e-mail a assessoria de imprensa.
A companhia TAM, no entanto, afirmou que alguns pontos da resolução "geram dúvidas".
"A excelência em serviços é um dos pilares de atuação da TAM, que tem a constante preocupação e o compromisso de prestar o melhor serviço ao cliente. Como uma empresa que atua segundo as melhores práticas de governança, a TAM cumpre todas as normas vigentes. Em relação à nova regulamentação da ANAC, a companhia esclarece que está analisando a forma de colocar em prática algumas das exigências, que geram dúvidas em virtude das características do setor aéreo", afirmou a empresa por e-mail.
FONTE: PORTAL G1 e ANAC

sexta-feira, 28 de maio de 2010

ESTACIONAMENTO DE VEÍCULOS EM ÁREA PROIBIDA

Segundo carta enviada pela Infraero, os funcionários dos concessionários do aeroporto, não mais poderão estacionar na área localizada EM FRENTE ao Terminal de Cargas das Cias. Aéreas. Abaixo segue parte do texto retirado da carta:
"...conforme reunião da Secretaria de Transportes de Parnamirim e a Infraero, ficou acordado que a partir do dia 24 de maio de 2010, todos os carros que estiverem estacionados em frente ao Terminal de Cargas das Cias. Aéreas, cuja finalidade não seja o embarque e desembarque de cargas, estarão sujeitos as sanções dos responsáveis pela fiscalização de trânsito do Município de Parnamirim/RN..."

Pois é pessoal, nós funcionários do Aeroporto Internacional Augusto Severo, mas que não somos funcionários públicos, vale salientar, não temos uma área destinada ao estacionamento gratuito dos nossos veículos. Além disso, desde o dia 24 de maio fomos privados também de estacionar em uma área destinadas ao embarque e desembarque de cargas. Pra falar a verdade eu até concordaria com a atitude da INFRAERO, se ela regulamentasse outros locais existentes que poderiam ser utilizados pelos funcionários dos concessionários.
Que locais seriam esses?
Bem, nós temos uma área que fica entre o referido terminal de cargas das companhias e a Localiza. Temos uma outra área que fica em frente a essa área citada acima e que está "destinada" aos ônibus de turismo, mas que diga-se de passagem nunca são vistos por lá, já que os mesmos tem vaga cativa dentro do estacionamento pago. Teríamos também como opção a área onde funcionava o antigo estacionamento do aeroporto, localizada em frente ao antigo terminal de passageiros e que hoje está sendo utilizada, em partes, pelos taxistas.
Mas como isso poderia ser feito?
Bastava que fizessem uma identificação nos veículos dos funcionários, e delimitassem uma área exclusiva para tal fim. Dessa forma estaríamos estacionando em local permitido, não ficando mais sujeitos as sanções dos órgãos fiscalizadores de trânsito de município de Parnamirim e a Infraero não ficaria ainda mais mal vista pela população e pela comunidade aeroportuária.
São por esses e outros motivos que defendo a PRIVATIZAÇÃO de todos os órgãos de cárater administrador. Órgãos públicos deveriam ser os FISCALIZADORES (Anac, Anvisa, Receita Federal, Anatel, etc), mas instituições como a Infraero, assim como muitas outras existentes no Brasil, já deveriam ter sido privatizadas a muito tempo. Só assim veríamos rapidamente as coisas funcionarem. É um absurdo o tempo que se leva pra consertar o ar-condicionado, o elevador, a escada rolante, a ponte de embarque - finger (lembrando que o finger 4 está quebrado a alguns dias, fazendo que em horários com um pouco mais de movimento os pax's embarcam e desembarcam através das posições remotas, sejam eles idosos, portadores de necessidades especiais ou crianças).
Por causa dos trâmites legais que são sujeitos os órgão públicos, tudo precisa de uma licitação, demandando muito mais tempo para que os problemas sejam solucionados. Tudo é muito complicado, muito burocrático e os usuários do "sistema" dificilmente saem ganhando nessa história.
Além disso a ausência de concorrência em alguns segmentos dentro do aeroporto, faz com que nós, que também somos clientes, ou melhor somos clientes fiéis - até por falta de opção mesmo - tenhamos que nos contentar com o que tem. Ou almoçamos no único restaurante do aeroporto ou comemos no "feinho" ou no "bike lanche" rsrsrs. Sem falar no atendimento que nos é oferecido por parte dos garçons do restaurante, salvo as exceções como é o caso do Sr. Francisco que dá a real importância que os funcionários tem no faturamento mensal daquele restaurante.
Não vejo a hora de ver uma notícia estampada nos jornais de circulação nacional informando que o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante vai realmente ficar pronto até 2014 e que terá uma administração exclusivamente privada. Seria uma vitória, mas não só para mim e sim para todos que precisam do transporte aéreo público.
Mas eu acredito piamente que isso irá acontecer, talvez até mais rápido do que pensamos. Final do ano tá aí, ano de eleição. Vamos nos lembrar de colocar no poder políticos que estejam comprometidos verdadeiramente com o bem-estar da população como um todo, que pense em políticas de re-estruturação dos órgãos públicos existentes no país, na privatização dessas que são Empresas, com "E" maiúsculo mesmo e que como Empresas deveriam ser administradas como tal.
Aqui fica o meu desabafo. Um abraço a todos e bons voos sempre!!!
Bruno Maciel.