QUAL A MELHOR AERONAVE PARA INSTRUÇÃO PRIMÁRIA

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

IVAO-BR FULL ATC - CAMPUS PARTY 2010


Chegamos o nosso grande evento dentro da Campus Party 2010, o Brazil Full ATC.

Estaremos divulgando nossa rede para os campuseiros durante todo o evento, basta se conectarem dentro do nosso grandioso espaço aéreo e vamos ao trabalho , vamos tentar juntar o maior numero de controladores pilotos as 23z , uma hora após o inicio do evento, aonde teremos praticamente todas as conexões estabilizadas, estamos honrados de estarmos aqui representando a IVAOBR e a comunidade da aviação virtual dentro de uma feira com grande reconhecimento mundial.

Dados:
Dia : 29/01
Hora: 22:00Z
Local : BRASIL
Para Pilotos / For Pilots
Para os pilotos que completarem o vôo, terão o direito de efetuar o reporte para o pilot events award, ganhando 1 ponto, acesse o link abaixo para reportar: http://www.ivaobr.com/op_voo/voo_award/voo.php

Para Controladores / For ATC
Para os controladores que trabalharem por no minimo 1 hora terão o direito de efetuar o reporte para o ATC events award, ganhando 1 ponto, acesse o link abaixo para reportar: http://www.ivaobr.com/op_atc/atc_award/atc.php

For the ATC that controla at least 1hr can report your work to get 1 point for the ATC events award, to report your work, click in the link below: http://www.ivaobr.com/op_atc/atc_award/atc.php

Para os controladores interessados em controlar neste evento, reservem suas posições e informe as mesmas para o seguinte e-mail: br-ec@ivao.aero.br ou eac@ivao.aero

SBSV_DEL
SBSV_GND
SBSV_TWR
SBXS_APP
SBRE_CTR
SBAZ_CTR
Aguardamos todos neste grande evento/We hope you in our event

Atenciosamente/Regards

BR-EC – Leonardo Ferreira
BR-EAC – Daimon Garrido
Brazil Events Department

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

TAM RECEBE AUTORIZAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO DE CELULARES E INTERNET EM AVIÕES


A companhia aérea Tam recebeu licença da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para operar em seus voos o uso de celular e internet. A provedora de tecnologia suíça OnAir, parceira do projeto, no entanto, terá que encaminhar relatórios semestrais à agência sobre o desempenho do sistema durante dois anos, o período da autorização de utilização do serviço em caráter experimental. Com base nesses dados, a Anatel estudará a criação de uma regulamentação específica.
Mas, para que o serviço possa ser oferecido, falta mais uma aprovação: a da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).A Anac disse que ainda aguarda documentos da Tam e da fabricante de aviões Airbus, e que realiza testes para comprovar a eficácia do sinal de celular nas aeronaves. A análise deve ser concluída até o fim do primeiro semestre.
A Anatel determinou, ainda, que os celulares e laptops só poderão ser ligados quando os aviões atingirem o trecho de cruzeiro. O uso em solo e durante pousos e decolagens continua, portanto, proibido. As tarifas de uso dos aparelhos a bordo ainda não foram definidas, mas a experiência de outros países mostra que trata-se de um serviço premium.

Fonte: Folha do Turismo

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

CAIU NO MAR MEDITERRANEO UM BOEING 737-800 DA ETHIOPIAN AIRLINES


Equipes de resgate retiraram do Mar Mediterrâneo nesta segunda-feira (25) corpos de possíveis vítimas do acidente aéreo com um Boieng 737-800 da Ethiopian Airlines, que caiu logo após decolar de beirute, no Líbano. Segundo a BBC e a rede CNN, já foram resgatados 23 corpos. A agência Reuters fala em 21 corpos, e a Associated Press registra 34.

A aerovane levava 90 pessoas a bordo e decolou às 2h30 (horário local, 22h30 no horário de Brasília) com destino à capital da Etiópia, Addis Abeba.

A causa do acidente ainda não é conhecida, mas a polícia já descartou a hipótese de terrorismo e avalia que a queda possa ter sido provocada pelo mau tempo. Chovia forte em Beirute no momento da decolagem. O Exército libanês afirmou em um comunicado que o avião estava "em chamas após a decolagem".

“O tempo estava, sem dúvida, muito ruim”, disse o Ministro dos Transportes do Líbano, Ghazi Aridi. Segundo ele, a aeronave caiu a cerca de 3,5 km da costa libanesa. Helicópteros e navios vasculham a área em busca de possíveis vítimas e destroços.

A companhia aérea divulgou uma nota oficial em seu site confirmando que o avião está desaparecido.

Segundo embaixada francesa, a mulher do embaixador da França no Líbano, Denis Pietton, estava no avião.
“Uma equipe já está trabalhando no levantamento de todas as informações pertinentes”, diz o comunicado. “Uma equipe de investigação foi enviada para o local e divulgaremos novas informações assim que recebermos.”
O Ministro dos Transportes declarou que na aeronave viajavam 54 libaneses, 22 etíopes, um iraquiano, um sírio, um canadense de origem libanesa, um russo de origem libanesa, uma francesa e dois britânicos de origem libanesa.

Parentes dos passageiros começaram a chegar no aeroporto de Beirut nesta segunda, muito emocionados. O primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, anunciou um dia de luto oficial e pediu o fechamento de escolas entidades públicas.

A aeronave
O Boeing 737-800 tinha oito anos de uso e havia sido arrendado de uma divisão do conglomerado financeiro norte-americano CIT Group, informou a companhia aérea. "A aeronave tinha manutenção. A última manutenção foi em 25 de dezembro - foi uma checagem normal. Não havia problema técnico nenhum", disse o executivo-chefe Girma Wake a jornalistas em Adis Abeba, capital etíope. "Ele partiu daqui ontem sem comentário algum. Ele deixou Beirute sem comentário algum", acrescentou. A Ethiopian Airlines informou que o esse Boeing 737-800, versão recente do modelo mais vendido da Boeing, havia saído da fábrica norte-americana em 2002, e em setembro de 2009 fora arrendado da empresa CIT Aerospace, parte do grupo de crédito comercial CIT Group. A CIT, holding bancária e fornecedora de crédito principalmente para pequenas e médias empresas, emergiu recentemente da recuperação judicial nos EUA, resultado da crise financeira global. Nem o CIT nem a Boeing se manifestaram sobre o acidente. A CIT é um nome conhecido no setor da aviação, gerindo uma frota com mais de 300 aeronaves. Ela fornece arrendamento e financiamento a mais de cem companhias aéreas, de acordo com o seu site. A Ethiopian Airlines tem outro Boeing 737-800 arrendado, e na semana passada a empresa anunciou que encomendara outros dez para ampliar sua frota.


ETHIOPIAN AIRLINES É TIDA COMO UMA DAS MAIS CONFIÁVEIS DA ÁFRICA


Ao contrário de várias companhias aéreas africanas, a Ethiopian Airlines tem um bom histórico de segurança.
A última vez que um dos aviões da companhia sofreu um acidente foi em 1996, quando um Boeing 737 ficou sem combustível depois de ser sequestrado quando voava da capital etíope, Addis Abeba, para Nairóbi, no Quênia.
O avião caiu no mar perto das Ilhas Comoros, matando 123 pessoas entre passageiros e tripulantes, das 175 que estavam a bordo.
Em 1988, um 737 da Ethiopian Airlines atingiu uma revoada de pombos após a decolagem em Bahar Dar, Etiópia. Trinta e uma pessoas morreram quando o avião caiu ao tentar pousar no aeroporto.
A companhia estatal voa para mais destinos na África do que qualquer outra companhia, tornando-a uma empresa popular em um continente onde muitas companhias voam apenas de seus países para fora da África.
Ao lado da South African e da Kenya Airways, a Ethiopian Airlines é considerada uma das melhores operadoras da África subsaariana, mas muitos passageiros reclamam de atrasos frequentes.
Uma das poucas empresas aéreas lucrativas do continente, a Ethiopian recentemente iniciou voos para China e Índia. A companhia também pretende voar para Xangai, Madras e Bangalore.
A companhia usa primariamente aviões Boeing e anunciou, no começo de janeiro, planos para comprar 10 dos novos modelos 737-800, a um custo de US$ 750 milhões.
A Ethiopian Airlines foi fundada em 1945 e é 100% propriedade do governo etíope.
Fonte: Portal G1

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

NA SUÉCIA, AVIÃO IRANIANO SAI DA PISTA COM MOTOR EM CHAMAS



Um Airbus da companhia aérea Iran Air com 173 pessoas a bordo saiu da pista e só parou cerca de 150 metros adiante, com a turbina esquerda em chamas, informou neste domingo (17) um porta-voz do aeroporto de Estocolmo.
O acidente aconteceu no sábado, quando a aeronave se preparava para decolar com destino a Teerã. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Aparentemente, o avião perdeu várias peças de seu motor quando se dirigia para a pista de decolagem.
As autoridades suecas abriram uma investigação para determinar o ocorrido.

PAPO DE HANGAR - 2010

PESSOAL, PEÇO DESCULPAS A TODOS POIS ESTOU ALTERANDO O LAY OUT DO BLOG COMO FAÇO ANUALMENTE. DESSA FORMA ALGUMAS NOTÍCIAS E INTERATIVIDADES DO BLOG FICARÃO INDISPONÍVEIS POR ALGUNS DIAS, MAS PROMETO SANAR OS PROBLEMAS O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL E TRAZER AINDA MAIS NOVIDADES.
ABRAÇO A TODOS E BONS VOOS SEMPRE!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

MEMÓRIA GOL


A Gol/Varig completa 9 anos no próximo dia 15 de janeiro e para que o cliente possa verificar toda a trajetória da companhia, foi criado um site denominado "MEMÓRIA GOL".


O texto a seguir foi retirado da própria página na internet do novo portal de memórias da Gol:


"...As operações da GOL se iniciam no dia 15 de janeiro, às 6h56, quando a aeronave Boeing 737-700 Next Generation de prefixo PR-GOE decola de Brasília (BSB) para São Paulo (CGH) com clientes e convidados. Quase no mesmo horário, outro Boeing 737, de matrícula PR-GOL, decola do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (GIG) para São Paulo (CGH). É dessa maneira, ganhando altura e tomando a rota para Congonhas, que essas duas aeronaves começam a escrever a história de sucesso da companhia..."


No site é possível escolher entre os anos de 2001 à 2010 e verificar diversos aspectos importantes da companhia, como os prêmios, a tecnologia utilizada, a frota, as campanhas publicitárias, os programas sociais e diversos outros assuntos.

TRANSPORTE AÉREO NO BRASIL CRESCE 37,7% EM DEZEMBRO E CAI A CONCENTRAÇÃO ENTRE AS EMPRESAS

No ano, a demanda por voos domésticos cresceu 17,6%, o melhor resultado desde 2005

A demanda por transporte aéreo doméstico no Brasil aumentou 17,65% no ano de 2009, o melhor crescimento percentual desde 2005, segundo os Dados Comparativos Avançados divulgados hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O crescimento no mês de dezembro foi de 37,70%, confirmando o desempenho expressivo do mercado brasileiro em todo o segundo semestre. Já a participação de mercado entre as empresas no setor aéreo brasileiro mostra a redução da concentração: em dezembro, as companhias de menor porte, como Webjet, Azul, OceanAir e Trip, responderam por quase 15% do mercado, ante 85% da TAM e Gol/Varig. Em todo o ano de 2009, as duas maiores companhias do setor acumularam 86,4% do mercado doméstico.

“O fim da restrição ao Aeroporto Santos Dumont (RJ), determinada pela ANAC em março de 2009, permitiu o crescimento das companhias menores e este fator foi fundamental para a desconcentração do mercado. O acirramento da concorrência favorece o passageiro, que tem mais opções para escolher a companhia, seja pela pontualidade, preço, serviço ou outros fatores” – avalia a diretora presidente da ANAC, Solange Paiva Vieira. “Esse movimento deve continuar em 2010 com o acesso de outras companhias ao Aeroporto de Congonhas, a partir da redistribuição de slots que a ANAC fará no dia 1º de fevereiro” – acrescenta.

A ocupação no tráfego doméstico atingiu 73,70% em dezembro de 2009, desempenho superior aos 66,86% registrados no mesmo mês de 2008. No acumulado do ano de 2009, a ocupação foi de 66,75%, ante 65,49% de 2008.

No transporte aéreo internacional, as companhias brasileiras registraram crescimento da demanda de 13,37% em dezembro, comparado ao mesmo mês de 2008, com ocupação de 74,66%. No acumulado do ano de 2009, houve decréscimo da demanda de 0,59%.

As tabelas com os Dados Comparativos Avançados são elaboradas pela ANAC a partir das informações enviadas pelas companhias aéreas brasileiras e estão disponíveis na Internet, no endereço www.anac.gov.br/dadosComparativos/DadosComparativos.asp
Fonte: ANAC

NOTÍCIAS - INSCRIÇÕES PARA BOLSAS DE ESTUDO DA ANAC PARA PILOTOS VÃO ATÉ 12 DE FEVEREIRO

Homens e mulheres candidatos a piloto de avião já podem se inscrever para o processo seletivo de 213 bolsas de estudos oferecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em convênio com 19 aeroclubes de oito Estados (São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão e Tocantins). Serão 139 bolsas para o curso prático de Piloto Privado e 74 para o curso de Piloto Comercial. As inscrições são gratuitas, vão até 12 de fevereiro de 2010 e as bolsas cobrem 75% das horas de voo necessárias para a formação dos pilotos. O edital, formulário de inscrição e conteúdo programático estão disponíveis na página da ANAC na Internet, no endereço:
http://www.anac.gov.br/transparencia/chamadasemAndamento.asp.

Para participar da seleção, os candidatos deverão ter idade entre 18 e 35 anos, apresentar certificado de aprovação no curso teórico, documento de aprovação no exame da ANAC e comprovar já terem realizado pelo menos 25% da carga horária de voos necessárias para a categoria: 9 horas para Piloto Privado e 29 horas para Piloto Comercial.

No dia 1° de março, a ANAC irá divulgar na Internet a lista dos candidatos inscritos. Todos passarão por prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, no dia 14 de março, às 9h, na cidade escolhida pelo candidato: Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Rio Claro (SP), Belo Horizonte (MG), Porto Nacional (TO), Fortaleza (CE) ou São Luís (MA).

Os aprovados na prova objetiva – com pelo menos 70% de aproveitamento – terão sua documentação analisada dentro do número de vagas disponíveis no aeroclube escolhido e serão submetidos ao exame de Proficiência Técnica, a partir de dia 23 de abril, também de caráter eliminatório. Após essa etapa, os aprovados terão direito às bolsas e as aulas práticas serão agendadas diretamente com o aeroclube. A ANAC fará o acompanhamento, a assessoria e a fiscalização dos aeroclubes.

Incentivo à formação

A formação na área tem um alto custo. Considerando apenas as aulas práticas, para um aluno se tornar Piloto Privado o investimento pode chegar a R$ 14 mil e, como Piloto Comercial, pode superar R$ 70 mil. Por isso a oferta de bolsas de estudo ajuda no desenvolvimento da aviação civil, além de contribuir para evitar uma eventual escassez de mão-de-obra especializada no futuro para a aviação comercial e privada no Brasil.

O projeto tem o investimento de R$ 3 milhões do Programa de Desenvolvimento da Aviação Civil, do Ministério da Defesa e os aeroclubes foram credenciados pelo Sistema de Gestão de Convênios (Siconv), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

A ANAC abriu inscrições para todos os aeroclubes no país e foram selecionados aqueles que cumpriam os requisitos de profissionais, equipamentos e aeronaves disponíveis para realizar os cursos práticos e que entregaram toda a documentação necessária para realizar os convênios.

Em 2008, em parceria com 11 aeroclubes do Rio Grande do Sul, a ANAC ofereceu 135 bolsas de estudo (71 para Piloto Privado e 64 para Piloto Comercial). Entre os bolsistas, inclusive, havia sete mulheres. Para os próximos anos, a ANAC pretende ampliar o projeto e inclusive oferecer incentivos para outras carreiras da aviação civil.

Fonte: ANAC

20.000 VISITAS

Pois é pessoal, chegamos a 20.000 visitas e é uma honra pra mim ter esse número tão expressivo sem que eu pretenda receber nada em troca por isso. A minha única intenção, é e sempre será contribuir para que as notícias que circundam a nossa aviação local, regional, nacional e internacional, seja ela real ou virtual, possam ser vistas por um número maior de apaixonados pela a aviação.
É claro que jamais conseguirei agradar a todos e por vezes deixarei a desejar em muitos aspectos, além da possibilidade constante de estar cometendo algum engano, mas as intenções são as melhores possíveis.
Chegamos a essa marca de 20.000 visitas com muita pesquisa, muito empenho, participação de diversos colegas, pessoas desconhecidas, críticas, elogios, agradecimentos, sugestões e tudo mais.
Espero poder continuar contando com a participação de todos e que eu possa cada vez mais me aperfeiçoar com as ferramentas de pesquisa, trazendo sempre da maneira mais rápida possível as informações mais importantes sobre a aviação civil, militar, doméstica, internacional, agrícola, particular, virtual e sobre os aspectos políticos, sociais e econômicos que as atividades relacionadas nos mostram.
Obrigado mais uma vez pela participação de todos!
Um abraço a todos e bons voos sempre!

Bruno Maciel

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

O QUE EU FAÇO DA VIDA

Bem pessoal, esse e um post meio estranho, mas estou respondendo a um questionamento do Sr. Paulo Ferreira. Abaixo estão as perguntas do mesmo e em seguida está meu perfil que pode ser visualizado a qualquer momento. Além disso estou complementando com algumas informações, para não restar dúvidas:

“...CMTE, só tenho uma dúvida. O Sr postou que sua profissão é aviador, mas em outro momento deu a informação que é agente de aeroporto (Menino de recado). Qual é sua verdadeira profissão?
Se és aviador como falas. Qual é o modelo do avião que pilota.por favor me responda. Te juro que não entendi nada. eu quero q/ vc bote no blog a sua verdadeira profissão´sem omitir nada, e responda a minha pergunta na integra.
sim a proposito autorize a minha pergunta no blog se voce relmente é aviador não vaiter problema em responder, as minhas perguntas...”


Sou Agente de Aeroporto de uma grande companhia aérea, onde atuo no Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Natal-RN. Fiz o curso de Comissário de Voo no Aeroclube do Rio Grande do Norte em 2007 e em seguida iniciei o curso de Piloto Privado de Avião, além disso, atualmente estou cursando a parte prática do curso de Piloto Privado de Avião. Sou um apaixonado pelo que faço e gosto de dividir essa paixão com os amigos e entusiastas como eu.

Bom, agora complementando. Em 2007 fiz o curso de comissário de voo, por influência de alguns amigos, mas ao iniciar o curso já me apaixonei pela aviação. Quando foi em agosto fiz a banca da Anac para CMS e no outro dia (segunda-feira) já estava fazendo o curso de PP teórico. Fiz a banca da Anac em dezembro de 2007 e fiquei em 2ª época em REG. Em maio de 2008 fiz a prova 2ª época e fui aprovado. No dia 20 de junho de 2008 comecei a fazer as horas de voo da para a parte prática do PP, voando o Guri AMT-600 (fabricado pela Aeromot). No Aeroclube do RN os Guri’s são os de prefixo PR-CMT e o PR-HFL. Além disso, desde novembro de 2007 eu já estava trabalhando como estagiário da INFRAERO em um projeto chamado Welcome to Brazil, no Aeroporto Internacional Augusto Severo. Ano passado, mais precisamente no dia 16 de fevereiro de 2009 fui admitido pela Gol Linhas Aéreas como Agente de Aeroporto, onde continuo trabalhando até hoje (11/01/2010). Infelizmente ainda não chequei o PP, mas devo estar concluindo ainda esse semestre, se Deus quiser. Em seguida pretendo fazer o curso teórico de Piloto Comercial e seguir em frente com a minha carreira.

Espero ter tirado todas as suas dúvidas Sr. Paulo (se é que é mesmo esse o seu nome) e o senhor pode verificar lá na título onde o Sr. Postou o comentário que todos estão lá na íntegra.
Abraço a todos e bons voos sempre!
PS.: Mais uma coisa: Chamar os Agentes de Aeroporto de "menino de recado" mostra apenas que o Sr. Paulo nao tem conhecimento algum sobre aeronautas ou aeroviários