QUAL A MELHOR AERONAVE PARA INSTRUÇÃO PRIMÁRIA

sexta-feira, 28 de maio de 2010

ESTACIONAMENTO DE VEÍCULOS EM ÁREA PROIBIDA

Segundo carta enviada pela Infraero, os funcionários dos concessionários do aeroporto, não mais poderão estacionar na área localizada EM FRENTE ao Terminal de Cargas das Cias. Aéreas. Abaixo segue parte do texto retirado da carta:
"...conforme reunião da Secretaria de Transportes de Parnamirim e a Infraero, ficou acordado que a partir do dia 24 de maio de 2010, todos os carros que estiverem estacionados em frente ao Terminal de Cargas das Cias. Aéreas, cuja finalidade não seja o embarque e desembarque de cargas, estarão sujeitos as sanções dos responsáveis pela fiscalização de trânsito do Município de Parnamirim/RN..."

Pois é pessoal, nós funcionários do Aeroporto Internacional Augusto Severo, mas que não somos funcionários públicos, vale salientar, não temos uma área destinada ao estacionamento gratuito dos nossos veículos. Além disso, desde o dia 24 de maio fomos privados também de estacionar em uma área destinadas ao embarque e desembarque de cargas. Pra falar a verdade eu até concordaria com a atitude da INFRAERO, se ela regulamentasse outros locais existentes que poderiam ser utilizados pelos funcionários dos concessionários.
Que locais seriam esses?
Bem, nós temos uma área que fica entre o referido terminal de cargas das companhias e a Localiza. Temos uma outra área que fica em frente a essa área citada acima e que está "destinada" aos ônibus de turismo, mas que diga-se de passagem nunca são vistos por lá, já que os mesmos tem vaga cativa dentro do estacionamento pago. Teríamos também como opção a área onde funcionava o antigo estacionamento do aeroporto, localizada em frente ao antigo terminal de passageiros e que hoje está sendo utilizada, em partes, pelos taxistas.
Mas como isso poderia ser feito?
Bastava que fizessem uma identificação nos veículos dos funcionários, e delimitassem uma área exclusiva para tal fim. Dessa forma estaríamos estacionando em local permitido, não ficando mais sujeitos as sanções dos órgãos fiscalizadores de trânsito de município de Parnamirim e a Infraero não ficaria ainda mais mal vista pela população e pela comunidade aeroportuária.
São por esses e outros motivos que defendo a PRIVATIZAÇÃO de todos os órgãos de cárater administrador. Órgãos públicos deveriam ser os FISCALIZADORES (Anac, Anvisa, Receita Federal, Anatel, etc), mas instituições como a Infraero, assim como muitas outras existentes no Brasil, já deveriam ter sido privatizadas a muito tempo. Só assim veríamos rapidamente as coisas funcionarem. É um absurdo o tempo que se leva pra consertar o ar-condicionado, o elevador, a escada rolante, a ponte de embarque - finger (lembrando que o finger 4 está quebrado a alguns dias, fazendo que em horários com um pouco mais de movimento os pax's embarcam e desembarcam através das posições remotas, sejam eles idosos, portadores de necessidades especiais ou crianças).
Por causa dos trâmites legais que são sujeitos os órgão públicos, tudo precisa de uma licitação, demandando muito mais tempo para que os problemas sejam solucionados. Tudo é muito complicado, muito burocrático e os usuários do "sistema" dificilmente saem ganhando nessa história.
Além disso a ausência de concorrência em alguns segmentos dentro do aeroporto, faz com que nós, que também somos clientes, ou melhor somos clientes fiéis - até por falta de opção mesmo - tenhamos que nos contentar com o que tem. Ou almoçamos no único restaurante do aeroporto ou comemos no "feinho" ou no "bike lanche" rsrsrs. Sem falar no atendimento que nos é oferecido por parte dos garçons do restaurante, salvo as exceções como é o caso do Sr. Francisco que dá a real importância que os funcionários tem no faturamento mensal daquele restaurante.
Não vejo a hora de ver uma notícia estampada nos jornais de circulação nacional informando que o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante vai realmente ficar pronto até 2014 e que terá uma administração exclusivamente privada. Seria uma vitória, mas não só para mim e sim para todos que precisam do transporte aéreo público.
Mas eu acredito piamente que isso irá acontecer, talvez até mais rápido do que pensamos. Final do ano tá aí, ano de eleição. Vamos nos lembrar de colocar no poder políticos que estejam comprometidos verdadeiramente com o bem-estar da população como um todo, que pense em políticas de re-estruturação dos órgãos públicos existentes no país, na privatização dessas que são Empresas, com "E" maiúsculo mesmo e que como Empresas deveriam ser administradas como tal.
Aqui fica o meu desabafo. Um abraço a todos e bons voos sempre!!!
Bruno Maciel.

Nenhum comentário: